Home / Açores / Luís Cabral recomenda às autarquias que testem os seus planos de catástrofe
Luís Cabral recomenda às autarquias que testem os seus planos de catástrofe

Luís Cabral recomenda às autarquias que testem os seus planos de catástrofe

O Secretário Regional da Saúde assistiu ao encerramento do exercício “Cachalote 13”, integrado no treino operacional do Comando da Zona Militar dos Açores, tendo destacado a “importância que representa o apoio militar em momentos de catástrofe” e lançado um desafio às autarquias para que, “pelo menos, um vez por ano” testem os planos municipais de Proteção Civil, no sentido de “confirmar a sua operacionalidade”

Luís Cabral, que assistiu ao exercício juntamente com o Presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), defendeu a necessidade de as câmaras municipais testarem os respetivos planos, lembrando que, numa altura em que se registaram várias alterações ao nível de responsáveis autárquicos, “é importante verificar, por exemplo, se os telemóveis de contacto continuam atualizados”.

O Secretário Regional salientou ainda que o SRPCBA tem o seu dispositivo, que atua em primeira linha, mas acrescentou que “é sempre bom, como açorianos, perceber que existe capacidade das Forças Armadas para dar uma resposta complementar, tal como foi demonstrado”.

O exercício decorreu durante quatro dias, tendo como cenário uma situação decorrente de condições atmosféricas adversas.

Os militares envolvidos, entre outras atividades, montaram um acampamento de emergência nas proximidades do Complexo Desportivo João Paulo II, em Angra do Heroísmo, com capacidade para várias dezenas de pessoas, apoio médico, acomodações para eventuais desalojados e equipamentos móveis para preparação de refeições.

Na ocasião, os responsáveis militares fizeram um resumo dos exercícios que desenvolveram ao longo de 2013 no âmbito da sua preparação para missões de interesse público, com o objetivo de demostrar que estão prontos para prestar apoio ao Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

O exercício “Cachalote 13” decorreu simultaneamente nas ilhas de São Miguel e Terceira, envolvendo cerca de 400 militares dos regimentos de Guarnição N.º 1 e N.º 2 e da Unidade de Apoio do Comando da Zona Militar dos Açores.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top