Home / Açores / Luís Neto Viveiros destaca dedicação dos professores no sucesso do Programa Eco-Escolas nos Açores
Luís Neto Viveiros destaca dedicação dos professores no sucesso do Programa Eco-Escolas nos Açores

Luís Neto Viveiros destaca dedicação dos professores no sucesso do Programa Eco-Escolas nos Açores

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente destacou hoje, em Ponta Delgada, o “envolvimento das comunidades escolares, em particular dos professores” para o sucesso do Programa Eco-Escolas, manifestando um “reconhecimento público pela sua dedicação”.

Luís Neto Viveiros, numa intervenção na cerimónia de entrega da bandeira verde e do certificado Eco-Escola a 73 estabelecimentos de ensino da Região, transmitida em direto para todos os espaços onde decorreu a entrega dos galardões, salientou o simbolismo de, no 20.º aniversário deste programa desenvolvido em parceria com a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), a cerimónia ser partilhada “em simultâneo nas nove ilhas dos Açores”.

“Educar ambientalmente é o maior garante que podemos ter de preservação da nossa herança natural”, afirmou o Secretário Regional, acrescentando que, por isso, o Governo dos Açores desenvolve “uma política pública de educação ambiental assente no princípio da multidisciplinaridade, envolvendo vários departamentos” e apostando em parcerias com múltiplas entidades.

“No âmbito deste propósito de contribuir para a formação de uma ‘geração com espírito verde’, além dos conteúdos e ferramentas letivas que disponibilizamos gratuitamente às escolas e aos nossos parceiros, são desenvolvidos nos Açores vários programas regionais, nacionais e internacionais”, frisou Neto Viveiros.

Numa referência ao programa regional Parque Escola, que reúne toda a oferta educativa ambiental do Governo dos Açores para os estabelecimentos de ensino do arquipélago, o governante revelou que, durante o ano letivo 2014-2015, “foram realizadas 472 sessões que abrangeram 12.676 participantes” em todo o arquipélago.

“Isto é, 26% dos alunos açorianos participaram neste programa”, afirmou Neto Viveiros.

Na cerimónia, que contou com a presença do presidente da ABAE, José Archer, foi também assinalado o início da ‘Rota dos 20 – Açores’, iniciativa integrada nas comemorações do 20º aniversário do programa Eco-Escolas.

“Nos Açores, a partir de hoje, 20 de janeiro, aqui no concelho de Ponta Delgada, em S. Miguel, até ao dia 5 de junho, Dia Mundial do Ambiente, no Corvo, os testemunhos percorrerão as eco-escolas e os municípios [parceiros de eco-escolas], transmitindo mensagens de sustentabilidade”, salientou o titular da pasta do Ambiente.

O Eco-Escolas é uma iniciativa internacional que pretende encorajar ações e reconhecer o trabalho de qualidade desenvolvido pelas escolas, sendo o mais antigo dos programas de educação ambiental e para o desenvolvimento sustentável implementados nos Açores, através do protocolo estabelecido entre a Região e a ABAE.

Na primeira edição, em 1999/2000, apenas quatro escolas açorianas receberam esta distinção, mas no ano letivo de 2014/2015 a taxa de implementação atingiu 31%, mais do dobro da média nacional, que se cifrou em 14%.

A ABAE faz parte da Fundação para a Educação Ambiental (FEE), que agrupa entidades internacionais que, em conjunto, promovem atividades de sensibilização e educação para o desenvolvimento sustentável em mais de 60 países.

As iniciativas de educação ambiental e para o desenvolvimento sustentável desenvolvidas pela ABAE são, além do Eco-Escolas, os programas Bandeira Azul, Jovens Repórteres para o Ambiente, Chave Verde e, a nível nacional, o ECOXXI direcionado para municípios.

Todos estes programas, que apresentam galardões que premeiam boas práticas ambientais, com exceção do Jovens Repórteres para o Ambiente, que é um concurso, são coordenados e representados nos Açores pela Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente, através da Direção Regional do Ambiente, que tem assento nas respetivas comissões nacionais.

A implementação e promoção são operacionalizadas com apoio da Rede Regional de Ecotecas e de Parques Naturais de Ilha dos Açores.

A coordenação regional do programa Bandeira Azul é da competência da Direção Regional dos Assuntos do Mar, da Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top