DestaqueLocal

Luís Silveira acusa CDU de não ter estado bem na denúncia da “lixeira” em Rosais e apontou o dedo à Direção Regional do Ambiente (c/áudio)

O Presidente da Câmara Municipal das Velas acusou, na última sessão ordinária da Assembleia Municipal das Velas, a Representação Municipal da CDU de não ter estado bem quando divulgou publicamente fotografias da suposta lixeira na freguesia dos Rosais.

O autarca velense acusou mesmo a CDU de ter denegrido a imagem do concelho das Velas.

Luís Silveira adiantou ainda que a autarquia tem uma boa recolha seletiva de resíduos, não percendo o porquê de a população ir Àquela antiga saibreira em Rosais depositar resíduos que são recolhidos à porta. No entanto, o autarca acaba por compreender a situação no que diz respeito a outro tipo resíduos em que não há locais próprios para os depositar ou que os operadores licenciados simplesmente não os aceitam, como é o caso dos entulhos de obras.

Quem também não escapou às críticas do autarca velense foi o Diretor Regional do Ambiente, Hernâni Jorge. Em causa estão as declarações do Diretor Regional sobre o assunto em causa à RTP Açores, onde Hernâni Jorge afirma que a autarquia já tinha sido autuada e havia inclusive troca de correspondência sobre a situação verificada na freguesia dos Rosais.

Afirmações que Luís Silveira não aceita.

O presidente do Município disse mesmo que caso a autarquia venha a receber alguma multa o caso seguirá para tribunal, até porque, segundo afirmou, há outros responsáveis.

Quanto à situação verificada na freguesia dos Rosais, o autarca explicou que a zona está agora limpa e que caso alguém seja apanhado a despejar lá algum tipo de resíduo será autuado de acordo com a lei.

Ora, toda esta discussão teve origem na apresentação de uma recomendação da Representação Municipal da CDU. Uma recomendação que, segundo o deputado municipal João Anastácio, prevê que a Assembleia Municipal das Velas recomende à autarquia a construção de Postos de Recolha Comunitários.

João Anastácio explicou ainda no âmbito do debate que se gerou que nunca foi intenção da CDU denegrir o concelho ou o executivo camarário.

Mas voltando à recomendação da CDU, os deputados municipais chegaram à conclusão que havia algo de errado com o texto da mesma, uma vez que tal como explicou Roger Sousa, do CDS-PP, a autarquia não se pode responsabilizar por todo o tipo de resíduos, mas apenas pelos Resíduos Sólidos Urbanos.

Também Rui Sequeira, deputado municipal do PS, interveio nesse sentido.

Com o presidente da autarquia a alertar igualmente para aquele que considerou ser “um grande erro” na recomendação, com o aval do Presidente da Assembleia Municipal, os deputados acabaram por fazer um curto intervalo para alteração do texto da recomendação que acabou então aprovada.

No entanto, Luís Silveira, o presidente do Município, deixou claro que a construção dos Ecocentros está do lado do Governo Regional dos Açores.

A recomendação da CDU acabou aprovada então com os votos favoráveis do PS, PSD e CDU e a abstenção do CDS-PP.

 

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Fotografia: ©Representação Municipal da CDU

Comment here