Home / Açores / Mais de oitocentos jovens açorianos iniciaram estágios ao abrigo do programa Estagiar L e T 
Mais de oitocentos jovens açorianos iniciaram estágios ao abrigo do programa Estagiar L e T 

Mais de oitocentos jovens açorianos iniciaram estágios ao abrigo do programa Estagiar L e T 

A primeira fase de 2014 do programa Estagiar L e T, promovido pelo Governo dos Açores, arrancou a 1 de outubro com 803 estagiários, dos quais 355 licenciados ou com mestrado e 448 detentores de curso profissional, revelou hoje o Vice-Presidente do Executivo.

Sérgio Ávila, que falava à margem de uma visita ao espaço Quinta dos Açores, na ilha Terceira, que conta com seis estagiários, salientou que este programa “representa um investimento de 5,4 milhões de euros e permite um estágio profissional de um ano nas ilhas de S. Miguel e Terceira e de dois anos nas restantes ilhas dos Açores”.

Para o Vice-Presidente, trata-se de “uma medida que tem contribuído, e muito, para permitir a inserção no mercado de trabalho dos jovens que acabam a sua formação”.

Os 355 jovens licenciados que agora iniciaram os seus estágios têm como principais áreas de formação a Gestão e Administração, as Ciências da Educação, as Ciências Sociais e a Saúde, enquanto as principais áreas de formação dos 448 estagiários com cursos profissionais são a Informática, a Eletrónica, a Contabilidade e Fiscalidade, a Eletricidade e a Gestão e Administração.

O Vice-Presidente do Governo salientou o facto “de 91 por cento dos 803 estagiários estarem em empresas não públicas, ou seja, em empresas e em entidades sem fins lucrativos e associações”.

“Mais importante do que o início dessa inserção no mercado de trabalho é assegurarmos que, após o estágio, os jovens possam dar continuidade ao seu percurso profissional nas empresas”, afirmou, acrescentando que, por essa razão, foi criado “um programa de integração e inserção de estagiários, o PIIE, que assegura a manutenção de um apoio às empresas e entidades que contratam estagiários”.

Segundo Sérgio Ávila,  este programa “já assegurou, diretamente, que 744 jovens, após concluírem o seu estágio, tenham feito contrato nas empresas e entidades onde estagiaram ou noutras que aproveitaram este programa”.

O Vice-Presidente do Governo recordou que, nos termos do programa PIIE, criado no âmbito da Agenda Açoriana para a Criação de Emprego e Competitividade Empresarial, as empresas são apoiadas na contratação de estagiários, através do pagamento, até 75 por cento e durante determinado período de tempo, do vencimento dos novos contratados.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top