Home / Turismo / Manutenção de trilhos pedestres vai criar mais 37 postos de trabalho a partir de janeiro
Manutenção de trilhos pedestres vai criar mais 37 postos de trabalho a partir de janeiro

Manutenção de trilhos pedestres vai criar mais 37 postos de trabalho a partir de janeiro

O Secretário Regional do Turismo e Transportes anunciou que o Governo dos Açores irá reforçar a equipa de manutenção e coordenação de trilhos, “criando mais 37 novos postos de trabalho, abrangendo todas as ilhas”.

Vítor Fraga, que falava na Assembleia Legislativa durante o debate das propostas de Plano e Orçamento da Região para 2014, justificou a medida pela importância que têm os trilhos pedestres para o turismo na Região, sendo um “produto-âncora no contexto da nossa oferta”.

Estes 37 novos elementos reforçarão a equipa criada e apresentada a 14 de novembro, composta inicialmente por 20 elementos.

Ainda no setor do turismo, o Secretário Regional anunciou também “uma nova operação no mercado alemão, que potenciará cerca de mais 7.000 dormidas, o início de uma ligação regular a Madrid, permitindo consolidar esta importante conetividade e, no mercado nacional, a continuidade da Campanha Famílias no Verão de 2014, consolidando assim o Destino como “Family Friendly””.

Tendo como vetores fundamentais a promoção, valorização e qualificação da oferta do Destino Açores, Vítor Fraga assegurou que será feita uma “promoção segmentada e fortemente direcionada, potenciando o que efetivamente tem valor para o cliente final, na permanente busca de maior retorno”, que será operacionalizada pela Turismo dos Açores (ATA), num “trabalho conjunto e permanente entre público e privado”.

Na sua intervenção, anunciou ainda a consolidação e reforço da aposta na América do Norte, onde os emigrantes açorianos, “verdadeiros e genuínos embaixadores do destino, o aumento da conetividade, a presença junto dos canais tradicionais e uma forte aposta no online serão certamente, estamos convictos, parte da fórmula sustentada de sucesso”.

Ao nível dos transportes, Vítor Fraga deu destaque à implementação do Plano Integrado de Transportes, “com vista a uma coordenação conjunta dos transportes aéreos, marítimos e terrestres, possibilitando ao cidadão aceder aos vários tipos de transporte de uma forma simples e agregadora de valor” e revelou ainda que, no próximo ano, serão apresentadas as “conclusões de um estudo sobre a introdução de uma aeronave dedicada, com vista a assegurar a regularidade do transporte de carga e garantir a flexibilidade de preços entre os Açores e o Continente, possibilitando a prática de tarifas mais baixas”.

No transporte marítimo, Vítor Fraga salientou a “nova vida na mobilidade no Grupo Central”, com a entrada ao serviço, no próximo ano, dos navios “Mestre Simão” e “Gilberto Mariano”, lembrando ainda que está em preparação o lançamento de um concurso público para a construção de dois novos navios de maior dimensão, destinados ao tráfego de passageiros e carga rodada em toda a região, tal como anunciado recentemente pelo Presidente do Governo.

Ao nível das infraestruturas, Vítor Fraga salientou que o Governo dos Açores dará seguimento a todas as obras previstas na Carta Regional das Obras Públicas, como “a ampliação do cais comercial das Velas de São Jorge, os projetos do Porto da Casa, no Corvo, ou do Terminal de Passageiros, em São Roque do Pico”.

Na área das obras públicas, o Secretário Regional revelou que serão lançadas “as bases para a requalificação de estradas regionais e integração de espaços envolventes, bem como para a conceção e desenvolvimento dos últimos grandes eixos rodoviários, como a segunda fase da variante à Horta ou a acessibilidade Furnas-Povoação”.

No âmbito da energia, Vítor Fraga destacou a implementação do programa Eficiência +, destinado às famílias e às empresas, com vista a “reduzir o impacto dos custos energéticos no orçamento familiar” e, a nível empresarial, “implementar as medidas adequadas que contribuam efetivamente para incrementar a competitividade das empresas”.

Relativamente à área da tecnologia, Vítor Fraga anunciou o lançamento, já no primeiro trimestre de 2014, do programa “TIC Para Tod@s”, que “será sustentado numa rede física, descentralizada, bem como na garantia de que as pessoas portadoras de deficiência tenham acesso facilitado a equipamentos”.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top