Home / Açores / Marca Açores tem tido enorme adesão por parte das empresas, afirma Sérgio Ávila
Marca Açores tem tido enorme adesão por parte das empresas, afirma Sérgio Ávila

Marca Açores tem tido enorme adesão por parte das empresas, afirma Sérgio Ávila

O Vice-Presidente do Governo afirmou hoje, na Horta, que a Marca Açores “tem tido uma enorme adesão por parte das empresas açorianas”, revelando que já existem mais de 1.400 produtos certificados.

Sérgio Ávila falava na Assembleia Legislativa durante o debate de um diploma apresentado pelo Governo dos Açores que define o sistema de adesão ao selo da Marca Açores e o seu regime contraordenacional, que foi aprovado pelo Parlamento.

Para o Vice-Presidente, pretende-se com este diploma definir “as matérias essenciais e estruturais da classificação da Marca Açores e associar um regime de contraordenações para evitar, mas também para penalizar, o uso indevido ou abusivo desta marca”.

“É uma classificação extremamente importante porque nela assenta uma imagem identitária única dos produtos açorianos que cria uma mais-valia do ponto de vista de penetração em novos mercados, designadamente os nacionais”, frisou.

O Vice-Presidente salientou que “isso tem resultado num aumento bastante significativo das vendas” desde a implantação da marca Açores, em fevereiro de 2015, sendo agora altura de, já numa segunda fase, “reforçar a identificação da marca no contexto nacional”.

Sérgio Ávila adiantou que, para além de “um conjunto de campanhas publicitárias por todo o país, já desenvolvidas ou a desenvolver, no dia 20 irá iniciar-se nas 25 maiores superfícies dos supermercados Continente, às quais têm acesso imediato quatro milhões e meio de consumidores, uma promoção específica dos produtos da Marca Açores.”

Segundo o Vice-Presidente, globalmente, o grande objetivo é o de a Marca Açores não ser apenas “uma identificação de qualidade, um símbolo certificado pela Natureza e uma marca única, de referência, da qualidade dos produtos açorianos, mas também que os consumidores nacionais reconheçam essa marca e a incorporem nas suas decisões de aquisição”.

“Essa valorização terá reflexos muito positivos na economia regional, nas empresas que produzem produtos com fatores produtivos endógenos da Região e, particularmente, na criação de emprego nessa área”, afirmou Sérgio Ávila.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top