Home / Açores / Marta Guerreiro afirma que o turismo ornitológico deve ser uma aposta nos Açores
Marta Guerreiro afirma que o turismo ornitológico deve ser uma aposta nos Açores

Marta Guerreiro afirma que o turismo ornitológico deve ser uma aposta nos Açores

 

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou, na Horta, que a promoção do turismo ornitológico nos Açores valoriza o património natural da Região e combate a sazonalidade das épocas média e baixa do turismo.

“Os Açores, conscientes da importância do crescimento da atividade de observação de aves em todo o mundo, devem posicionar-se, cada vez mais, como um palco para este tipo de atividade”, permitindo a “valorização do património natural e a promoção da observação de aves de forma sustentável e responsável no arquipélago”, frisou Marta Guerreiro, que falava segunda-feira na abertura do Curso Técnico de Turismo Ornitológico.

A situação geográfica dos Açores, a meio caminho entre a América e a Europa, faz do arquipélago o primeiro ponto de paragem de diversas aves nos seus fluxos migratórios e, como tal, um local privilegiado para os primeiros avistamentos.

Nesse sentido, a Secretária Regional considerou que o turismo ornitológico é “uma oportunidade para colmatar a sazonalidade da oferta turística, uma vez que a observação das aves tem a particularidade de poder ser desenvolvida ao longo de todo o ano”.

No âmbito do projeto ROA – Rede de Observação das Aves, foi elaborado de um Código de Boas Práticas da Observação de Aves, que será apresentado no curso que agora teve início, ao mesmo tempo que será desenvolvido um Guia de Observação de Aves e vários Roteiros Interpretativos, por espécies ou habitats.

“Estes cursos técnicos de turismo ornitológico são o primeiro passo de uma estratégia de colaboração que permite dotar os operadores do conhecimento e das ferramentas necessárias ao desempenho das suas atividades, transmitindo aos turistas informações adequadas sobre o património natural dos Açores e as especificidades e singularidades da observação de aves”, afirmou Marta Guerreiro.

Esta iniciativa vai ao encontro de um dos objetivos estratégicos do Governo Regional no setor do turismo, uma vez permite fortalecer a qualificação do destino, através da aposta na formação e disponibilização de técnicos habilitados a desenvolver a atividade de animação turística de observação de aves.

O Curso de Turismo Ornitológico, um projeto desenvolvido pela Direção Regional do Ambiente em parceria com o Grupo de Aves Marinhas do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, decorre na ilha do Faial até ao final desta semana e, entre 23 e 27 de janeiro, terá lugar no Pico.

GaCS/RL Açores

Imagem: ©Direitos Reservados

 

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top