DestaqueLocal

Município das Velas com orçamento superior a 14ME para 2020 (c/áudio)

Foi aprovado esta quinta-feira, em reunião ordinária da Assembleia Municipal das Velas, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2020 da Câmara Municipal das Velas. 14.365,85 ME é o valor que totaliza o Orçamento da autarquia velense para o ano de 2020 e que foi aprovado em Assembleia Municipal com os votos favoráveis do CDS-PP, um voto favorável do PS e outro do PSD, nomeadamente dos dois presidentes de junta que não são CDS, Hélio Rosa e Vasco Pinto, respetivamente. Já PS, PSD e CDU abstiveram-se na votação destes documentos.

Ora, na reunião da Assembleia Municipal, o presidente da Autarquia velense, frisou que “é o maior orçamento de sempre” do Município, sendo um orçamento “ambicioso”.

Luís Silveira explicou que este “é o maior orçamento de sempre”, uma vez que inclui a receita do saldo de gerência.

O autarca velense considerou ainda que se assiste neste orçamento à menor carga fiscal de sempre aplicada à população.

Luís Silveira fez também questão de destacar o apoio que será dado às instituições.

 

No que diz respeito ao Plano de Investimentos para 2020, Luís Silveira garante que este é muito abrangente e que irá permitir gerar riqueza e criação de emprego no concelho das Velas.

O Presidente da Câmara Municipal das Velas evidenciou ainda uma série de aspetos que continuam a merecer o apoio da autarquia como é o caso da Proteção Civil, da Associação para o Desenvolvimento da Ilha de São Jorge, ou da subida da dotação do montante disponível para as Bolsas de Estudo que passa a ser de 28 mil euros.

A reabilitação do Furo Velho da Ribeira do Nabo é outro dos investimentos plasmado nas Grandes Opções do Plano para 2020, a par da conclusão do PDM ou da construção do Parque Multiusos da Urzelina.

O autarca velense destacou ainda os 500  mil euros disponíveis para apoiar a área da Cultura e Desporto.

Destaque ainda para a obra de Cobertura das Bancadas do Municipal das Velas, da reabilitação do Parque Industrial das Levadas, da 2ª Fase da Reabilitação Urbana ou da 3ª Fase do Caminho de acesso à Fajã de João Dias, com o presidente do Município a evidenciar igualmente as transferências para as Juntas de Freguesia que, segundo Luís Silveira, totaliza “a maior transferência de sempre” para as seis juntas de freguesia do concelho.

 

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

Comment here