Home / Economia / Nos Açores iniciam atividade quatro empresas por cada uma que fecha
Nos Açores iniciam atividade quatro empresas por cada uma que fecha

Nos Açores iniciam atividade quatro empresas por cada uma que fecha

Nos últimos 12 meses, iniciaram a sua atividade nos Açores 536 empresas, uma proporção de quatro por cada uma que fechou, segundo dados agora divulgados sobre a constituição de empresas em Portugal.

O Vice-Presidente do Governo, Sérgio Ávila, falando aos jornalistas, em Angra do Heroísmo, à margem de um encontro com a recém-empossada direção do Banco Espírito Santo dos Açores, considera esse indicador muito importante, sendo mesmo o melhor rácio do País entre empresas que fecham e outras que abrem.

“Nos últimos 12 meses, os Açores foram, de longe, a região do País com maior capacidade para criar novas empresas”, sublinhou, acrescentando que a proporção a nível nacional é de duas novas empresas por cada uma que encerra a atividade (na Madeira, 1,5).

Para Sérgio Ávila, isto significa que se está a assistir, presentemente, na Região, “a um rejuvenescimento e a um incremento da estrutura empresarial”.

Citando o Vice-Primeiro Ministro, Paulo Portas, que afirmou que o melhor indicador que tinha de que o País “está a ir por bom caminho” é o rácio a nível nacional de duas empresas que abrem por cada uma que fecha, Sérgio Ávila frisou que, pelo mesmo raciocínio, “na Região temos efetivamente condições para que haja um incremento do nosso desenvolvimento e da atividade empresarial”.

O Vice-Presidente fez notar que esse impulso exige “a existência, na Região, de um sistema financeiro que apoie, que alavanque e que crie condições para que essas empresas que estão agora a surgir se imponham”, com o suporte dos sistemas de incentivos disponibilizados e do sistema financeiro da Região.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top