Home / Açores / “Novas Obrigações de Serviço Público de transportes são concretização de um compromisso eleitoral do PS”, realçou Vasco Cordeiro
“Novas Obrigações de Serviço Público de transportes são concretização de um compromisso eleitoral do PS”, realçou Vasco Cordeiro

“Novas Obrigações de Serviço Público de transportes são concretização de um compromisso eleitoral do PS”, realçou Vasco Cordeiro

“A eminente concretização das Obrigações de Serviço Público de transportes aéreos entre o continente e os Açores corresponde a um compromisso político eleitoral assumido pelo PS/Açores, em vias de entrada em funcionamento em toda a plenitude”, realçou Vasco Cordeiro.

O Presidente do PS/Açores falava esta quinta-feira, em Ponta Delgada, na sessão de abertura da Conferência “Novas Acessibilidades, Novas Oportunidades para os Açores”, promovida pelo Grupo Parlamentar dos socialistas açorianos.

Vasco Cordeiro frisou ser “motivo de satisfação” ter sido possível alcançar um modelo em que a proteção de residentes e estudantes está assegurada, através de um preço máximo, naquela que “sempre foi uma das condições essenciais e um alicerce, para o Partido Socialista dos Açores”.

Para o Presidente do PS/Açores o “novo modelo de transporte aéreo não resolverá todos os problemas do Turismo dos Açores”, sendo também necessário o “reforço da qualificação, da qualidade, da atenção às exigências do cliente, para que possamos vencer de forma determinada este desafio”.

Vasco Cordeiro garantiu que, findas as novas regras e concluído o processo de implementação das novas OSP, a “Região estará ao lado do Grupo SATA para, dentro deste modelo, ajudar a vencer os desafios que se perfilam no futuro, mantendo a sua obrigação de facilitar as acessibilidades aéreas aos Açores”.

O Presidente do PS/Açores recordou que, “no passado, todos os intervenientes no setor do turismo ultrapassaram os desafios” com que se depararam, alertando que “este novo modelo de OSP’s é um ponto de partida, não é um ponto de chegada e o que se abre a partir daqui é potencialmente benéfico para a Região, mas particularmente exigente para os intervenientes do setor”.

“Hoje mais do que nunca, o sucesso do Turismo dos Açores depende de todos e de cada um de nós. Para que sejam plenamente aproveitados os potenciais benefícios para o nosso turismo, é preciso que, individualmente, os empresários dos setores hoteleiro, da restauração, das empresas de animação turística tenham de novo consciência, capacidade e determinação para aproveitar oportunidades ao máximo, em benefício dos profissionais do setor, mas sobretudo em benefício da Região Autónoma dos Açores”, concluiu Vasco Cordeiro.

GI PS Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top