DestaqueLocal

Novo ano, nova visita estatutária, as mesmas preocupações e uma reunião com todo o Governo, mas com poucos conselheiros – Executivo reuniu esta quarta-feira com Conselho de Ilha de S.Jorge (c/áudio)

Vasco Cordeiro – Presidente do Governo Regional dos Açores
Isabel Teixeira – Presidente do Conselho de Ilha de São Jorge

Já se previa que fosse uma reunião diferente depois de o Conselho de Ilha ter anunciado que apenas os membros da mesa do órgão jorgense reuniram somente com Vasco Cordeiro como pretendiam. No entanto, o Presidente do Governo não aceitou a ideia de reunir sozinho e convocou para a reunião todos os membros do executivo açoriano, decisão com a qual a mesa do Conselho de Ilha concordou.

A reunião começou precisamente com a tomada de posição de Vasco Cordeiro sobre este assunto, dizendo mesmo que o Governo não vem a São Jorge por causa do Conselho de Ilha, mas sim por causa dos jorgenses.

Durante praticamente uma hora, o Presidente do Governo Regional apresentou justificações para fazer ver ao Conselho de Ilha que o Governo tem respondido às reivindicações dos jorgenses de anos anteriores com medidas concretas, dizendo mesmo que das mais de 50 medidas que constavam do memorando de 2018 o Governo cumpriu ou deu resposta a praticamente todas.

Posto isto, o presidente do Governo avançou com a reunião passando a palavra aos secretários regionais que apresentaram o que estava previsto para São Jorge neste ano em cada uma das suas áreas.

No final da reunião, Isabel Teixeira, a presidente do Conselho de Ilha, disse não ter ficado satisfeita com algumas das respostas dadas pelo executivo açoriano, como o caso da não certificação da pista do aeródromo para voos noturnos.

No que diz respeito às respostas dadas a nível da saúde, uma das principais preocupações dos jorgenses, Isabel Teixeira diz ficar expectante.

Questionada sobre um alegado mal-estar institucional devido à tomada de posição do Conselho de Ilha, a presidente deste órgão diz que qualquer divergência que possa ter existido está sanada.

 

 

 

 

Ora, e da parte do Governo Regional Berto Messias, o Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, elencou as explicações e apostas do governo para este ano no que toca à saúde e acessibilidades, as queixas principais dos jorgenses, bem como o que já foi feito nesse sentido.

Questionado sobre a tomada de posição do Conselho de Ilha e sobre a posição de Vasco Cordeiro, Berto Messias voltou a frisar que seja em que ilha for é o Governo que convida o Conselho de Ilha a reunir, como fez saber o presidente do Governo no início da reunião.

Berto Messias – Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares

Liliana Andrade/RL Açores

Comment here