Novo programa informático para os hospitais dos Açores a pensar no futuro, diz Luís Cabral

O Secretário Regional da Saúde assistiu à apresentação do programa informático “SClínico”, que considerou ser uma “excelente ferramenta, adequada ao que se pretende para o futuro em termos da informatização do Serviço Regional de Saúde”.

O SClínico é um software evolutivo, desenvolvido pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), que está a ser implementado nos Açores em parceria com a Saudaçor e une várias aplicações, como o SAM (Sistema de Apoio ao Médico) e o SAPE (Sistema de Apoio à Prática de Enfermagem), de forma a existir uma aplicação única comum a todos os prestadores de cuidados de saúde.

A aplicação mantém as funções anteriores, organizadas dentro de uma nova apresentação gráfica que facilita a sua atualização, e permite gerir várias funções, melhorando o atendimento, a marcação de consultas e de exames e a emissão de certificados de nascimento e de óbito.

Esta aplicação vai contribuir também para manter atualizadas as listas de utentes dos médicos de família nos centros de saúde e assim proporcionar mais vagas para os utentes sem médico de família.

O Hospital da Horta foi a primeira unidade de saúde na Região e uma das primeiras a nível nacional a dispor desta aplicação, estando a ser desenvolvidos os necessários contactos para que todos os hospitais e unidades de saúde fiquem ligados à base de dados nacional e para que possam implementar a aplicação SClinico.

A previsão é que fique operacional em Angra do Heroísmo e Ponta Delgada ao longo do próximo ano.

Luís Cabral salientou que o Plano de Investimentos para 2014 prevê “um elevado nível de investimentos em infraestruturas informáticas e de comunicação, que são estruturantes para o Serviço Regional de Saúde, num valor total de investimentos de 700 mil euros”.

GaCS

Deixe uma resposta