Núcleo Empresarial de São Jorge tem “grande capacidade de visão”, afirma Sérgio Ávila

O Vice-Presidente do Governo Regional afirmou, durante a visita estatutária a São Jorge, que o Núcleo Empresarial da ilha tem “uma grande capacidade de visão”. Sérgio Ávila, que falava após a reunião com o Núcleo, referiu que esta reunião teve como objetivo “avaliar a evolução do conjunto de medidas que o governo tem tomado para apoio às empresas e para promover a criação de emprego.

“É com satisfação que verificamos que também em São Jorge os empresários têm correspondido a esta dinâmica, nomeadamente na criação de condições que permitam vencer as adversidades e criar nas empresas a capacidade para se desenvolverem e terem um crescimento sustentável”, frisou Sérgio Ávila.

Questionado sobre a falta de emprego na ilha de São Jorge, Sérgio Ávila afirmou que cabe às empresas investirem e criar postos de trabalho, sendo que ao Governo cabe apenas “criar os mecanismo de apoio de criação de emprego”.

O Vice-presidente do Governo Regional salientou que o executivo “tem um conjunto muito vasto de programas para apoiar as empresas na criação de emprego” e ainda “um conjunto muito vasto de apoio às empresas para que sendo mais competitivas possam também por essa via gerar maior volume de negócio e necessitar de mais pessoal”.

“Ao Governo cabe direcionar esses apoios e o seu aproveitamento cabe às empresas e, portanto, o factor decisivo nesta matéria é a capacidade que as empresas terão de identificar as novas oportunidades, perceber a evolução dos mercados e, por essa via, terem a capacidade para ajustarem a sua atividade e a sua estratégia Às ncessidades de mercado e às realidades que evoluem”, constatou Sérgio Ávila.

Liliana Andrade/RL Açores

Deixe uma resposta