Home / Destaque / Número de autocarros públicos a circular em S.Jorge não irá aumentar
Número de autocarros públicos a circular em S.Jorge não irá aumentar

Número de autocarros públicos a circular em S.Jorge não irá aumentar

Rui Bettencourt detém a rede de transportes públicos terrestres de São Jorge desde Janeiro deste ano. Em entrevista à RL Açores, falou das alterações que foram realizadas e sobre a dificuldade que é manter um negócio deste tipo num sítio onde há pouca população e sem qualquer tipo de apoios por parte do Governo Regional. “Nós não temos subsídios e nós é que estamos a aguentar as carreiras públicas. Portanto, aumentar o volume de autocarros está fora de questão, porque nós temos aqui autocarros que circulam um dia inteiro e ao fim do dia, às vezes, nem 15 € fazem, portanto não compensa aumentar o número de viagens”.

O novo proprietário da rede de transportes públicos terrestres de S.Jorge afirma que a única alteração que fez nos horários foi no sábado. Neste dia, o autocarro chega às Velas por volta das 9h, de forma a que as pessoas possam chegar à vila na altura em que as instituições e lojas abrem. No regresso, em vez de sair às 14h15 como era hábito, o autocarro sai das Velas às 13h15 pois “faz sentido ser mais cedo, até porque as lojas fecham à hora do almoço e torna-se mais conveniente para as pessoas não ficarem muito tempo à espera do autocarro”, refere Rui Bettencourt.

Os passageiros mais jovens mostram-se satisfeitos com os horários, assegurando que estes são bons para quem quer vir tomar banho na Vila das Velas. Rui Azevedo, jovem estudante da freguesia dos Rosais diz: “Durante o período de aulas costumo vir sempre de autocarro de manhã e à tarde para casa. Agora durante as férias, costumo usar o autocarro da tarde para vir ao banho. Os horários são bons, onde eu o apanho, este passa às 15h que é uma hora boa para vir para as Velas e de manhã passa por volta das 10h que também é uma hora boa para fazer o que preciso.”

Mais turistas este ano

Jorge Vieira, motorista da agora empresa Rumo à Natureza, afirma que a afluência de turistas este ano é superior à do ano passado: “Muitos turistas este ano. Nos anos anteriores, por esta altura já estava fraquinho, mas este ano continua forte a afluência à nossa ilha, e, se calhar, vamos ter sempre turismo até ao final do mês.”

Catarina Ávila/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top