“Nunca como agora se investiu tanto no Serviço de Saúde nos Açores”, destacou José San-Bento

“Nunca como agora se assistiu a um investimento tão grande na área da saúde, nunca como agora tivemos um orçamento de 291 Milhões de Euros, nunca como agora se teve um orçamento e um investimento na saúde que cresceu 39% em quatro anos, nunca como agora nós crescemos face a 2011 81 milhões de euros; nunca como agora a Saúde foi tão importante para um Governo, nos Açores”, destacou José San-Bento.

O Vice-Presidente da bancada parlamentar do PS falava esta quarta-feira, na cidade da Horta.

José San-Bento frisou que para além deste reforço no investimento, o Governo dos Açores está também a implementar uma restruturação no Serviço Regional de Saúde, com “medidas implementadas e em velocidade de cruzeiro, mas também com algumas outras áreas que estão ainda a ser ultimadas e em consolidação, algumas das quais com dificuldades”.

Admitindo que existem “constrangimentos que nos impedem de ter respostas mais eficientes ou mais fortes em áreas como a cobertura de médicos de família de uma parte substancial da nossa população ou no combate ao problema das listas de espera”, o deputado socialista explicou que a “restruturação está a ser feita e visa melhorar a acessibilidade, aumentar a qualidade dos serviços e garantir a sustentabilidade do Sistema Regional de Saúde dos Açores”.

José San-Bento saudou a nomeação da Dra. Paula Moniz para presidir ao Conselho de Administração do Hospital de Angra, considerando que “trará credibilidade para gerir aquela unidade hospitalar”, mas também “exigência, rigor, estabilidade, responsabilidade e confiança”.

O deputado socialista considera que as críticas são “naturais e saudáveis numa democracia”, relevando que a “saúde é uma área que exige acordos transversais e um consenso alargado”, tendo registado a “evolução positiva de alguns partidos neste sentido”.

“O PS ouve todos, respeita a opinião de todos os parceiros do setor da saúde, mas não teme os porta-vozes dos interesses corporativos que estão instalados, registando-se a preocupação de alguns em sabotar as reformas e em não garantir que se consigam implementar medidas que salvaguardem o interesse geral dos Açores. Nós não pararemos; para nós o que interessa são reformas que sejam boas e que melhorem a saúde dos Açorianos, é isso que é a defesa do interesse geral e é esse o objetivo que o PS continuará a defender”, frisou José San-Bento.

PS Açores

Deixe uma resposta