Home / Cultura / Nuno Lopes propõe uma nova Agenda Cultural para combater sobreposição de eventos
Nuno Lopes propõe uma nova Agenda Cultural para combater sobreposição de eventos

Nuno Lopes propõe uma nova Agenda Cultural para combater sobreposição de eventos

O Diretor Regional da Cultura, Nuno Lopes, afirmou hoje, em Angra do Heroísmo, na cerimónia de relançamento da Agenda Cultural dos Açores, que é necessário evitar “sobreposições” na programação de eventos, apelando à participação “empenhada” dos agentes culturais nesta “nova oportunidade” de divulgação do que, na área da cultura, se faz por todas as ilhas do arquipélago.

A Agenda Cultural integra, desde 2011, o portal ‘Cultura Açores’, da responsabilidade da Direção Regional de Cultura, tendo Nuno Lopes salientando que, três anos depois do seu lançamento, “tornou-se necessário adaptar este conteúdo de grande visibilidade para a promoção e divulgação da cultura açoriana dentro e fora dos Açores às novas exigências técnicas de programação e navegabilidade web”.

Nuno Lopes salientou que, sequência dos contatos que a Direção Regional da Cultura estabelece regularmente com todos os agentes do setor, concluiu-se, em matéria de divulgação dos eventos culturais, “pela necessidade de assumirmos um papel de coordenação”.

A Agenda Cultural, disponível a partir de hoje no endereço eletrónico http://www.culturacores.azores.gov.pt/, vai ser, brevemente, apresentada aos agentes culturais em todas as ilhas, tendo em vista destacar “as virtualidades deste meio”, salientou Nuno Lopes.

A Agenda Cultural, que se assume como “um serviço público gratuito”, não visa, segundo o Diretor Regional, “substituir outros projetos congéneres, de expressão territorial definida e em outros formatos de divulgação”.

O utilizador da Agenda terá acesso destacado em termos de conteúdos, bem como, numa solução ‘mobile’, considerando as tendências atuais dos utilizadores.

Com esta abrangência pretende-se uma consulta mais facilitada e, simultaneamente, uma maior fidelização por parte dos utilizadores à plataforma.

O desenvolvimento deste projeto, a cargo de uma empresa açoriana da especialidade, decorreu em três fases distintas.

Numa primeira fase, a Agenda passou a noticiar os eventos organizados pela Direção Regional da Cultura e pelos seus Serviços Externos, bem como os eventos de entidades parceiras.

Esta primeira fase, embora baseada na página da Internet já existente, representou uma evolução muito importante, pois permitiu ao utilizador ter uma noção mais precisa das iniciativas a realizar em determinada ilha ou local.

Na segunda fase, que entrou em funcionamento em abril, foram adicionados códigos, vulgarmente designado ‘QRCodes’, nos locais onde os eventos foram realizados.

Estes códigos, muito usuais em dispositivos móveis, permitem que qualquer utilizador aceda de forma imediata aos eventos programados para um determinado espaço.

A terceira fase, que ficou concluída a 8 de maio, consiste na possibilidade de edição de uma newsletter personalizada, permitindo que a informação seja mais direcionada e específica, sendo possível automatizar a sua seleção.

Entre os vários objetivos desta iniciativa, destaca-se com maior predominância uma melhor organização da informação.

Centrar a informação de Agenda num único local permite, por um lado, que os utilizadores tenham um acesso mais facilitado a mais conteúdos.

Com a implementação faseada do projeto, a Secretaria Regional da Educação, Ciência e Cultura, através da Direção Regional da Cultura, pretendeu proporcionar informação útil, não apenas ao público regional, mas também aos turistas que visitam aos Açores.

GaCS

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top