Home / Politica / “O Governo Regional potencia o aumento da desigualdade na distribuição de riqueza”, afirma Zuraida Soares
“O Governo Regional potencia o aumento da desigualdade na distribuição de riqueza”, afirma Zuraida Soares

“O Governo Regional potencia o aumento da desigualdade na distribuição de riqueza”, afirma Zuraida Soares

A deputada do Bloco de Esquerda no parlamento dos Açores arrasou hoje as políticas do Governo Regional no que diz respeito ao modelo de desenvolvimento económico e social da Região, considerando que “o resultado da anunciada ‘Via Açoriana’ do PS – tal como da ‘Via PSD/CDS’ – é o adiar de vidas, é a emigração, é a pobreza para quem trabalha e a miséria para quem procura fazê-lo”.

Zuraida Soares acusa o Governo Regional de promover a má distribuição da riqueza, a precariedade laboral, e a artificialidade dos números do desemprego – camuflados pelos programas de apoio, que, sendo importantes, não têm efeitos duradouros.

Se o PIB dos Açores aumenta, ao mesmo tempo que a pobreza alastra, só se pode tirar uma conclusão: “Temos um problema muito sério de distribuição de riqueza, que torna os pobres mais pobres e os ricos mais ricos”, uma situação que tem sido potenciada por um modelo económico assente em baixos salários – como prova, aliás, o estudo do Observatório do Emprego e Formação Profissional agora publicado – e em produtos de pouco valor acrescentado.

Os dados oficiais mostram que, em 2014, apesar de a população por conta de outrem ter aumentado 1030, os números de contratos a tempo inteiro diminuiu 195, e os contratos a tempo parcial aumentou 1224: “Estes dados mostram que o emprego que o Governo Regional incentivou com as suas políticas é trabalho sem direitos e com remunerações nas base do salário mínimo regional”, disse a deputada.

“A diminuição do desemprego é uma máscara, o emprego novo é de pobreza – mesmo a tempo completo, quanto mais a tempo parcial – e a desregulação dos direitos dos trabalhadores é apadrinhada pelo Governo Regional”, acusa a deputada do BE.

Zuraida Soares apontou ainda o dedo à falta de projectos para alavancar a economia dos Açores, insistindo na proposta do BE de criação de um Centro Internacional de Investigação do Mar como projecto central para o futuro da Região, como forma de garantir o aproveitamneto sustentável da riqueza dos recursos marinhos do arquipélago.

A deputada do BE mostrou-se satisfeita por PS e PSD já terem finalmente assumido interesse em avançar com este projecto no futuro. No entanto, o posicionamento da candidata do PSD à Assembleia de República que fez depender este projecto do alargamento da plataforma continental, e o facto de o secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia não ter referido este assunto após reunir recentemnete com o secretário de Estado do Mar, deixam sérias dúvidas quanto às suas verdadeiras intenções.

O Bloco de Esquerda entende também que as vantagens da posição geoestratégica dos Açores devem passar a estar ao serviço da economia regional, e que não pode continuar refém de interesses alheios, referindo-se à presença militar dos EUA.

GI BE Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top