“O PS defende a homologação do ensino da Viola da Terra no ensino secundário”, frisou Renata Correia Botelho

O Grupo Parlamentar do Partido Socialista considerou esta quarta-feira que a viola da terra deve fazer parte do currículo regional do ensino secundário, alargando assim a oferta que já existe ao nível da formação deste instrumento tradicionalmente Açoriano.

A posição foi defendida por Renata Correia Botelho, na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.

A deputada do PS apelou à disponibilidade de todos para “explorar todas as hipóteses para que seja homologado o ensino da viola da terra no ensino secundário”, realçando o papel que instituições como o Conservatório Regional poderão ter neste processo.

Renata Correia Botelho explicou que esta alteração ao currículo é uma “competência nacional” e que o Governo dos Açores “já demonstrou a sua abertura sobre esta matéria ao garantir a lecionação da viola da terra como oferta da escola”.

“Esta medida do Governo dos Açores prova bem a valorização que este faz deste objeto que para nós se reveste de um valor simbólico e cultural de inegável importância”, salientou a deputada socialista.

GI PS Açores/RL Açores

Deixe uma resposta