Home / Destaque / Obra do Porto do Topo só em 2018 – Décio Pereira reage e diz manter confiança na palavra de Vasco Cordeiro
Obra do Porto do Topo só em 2018 – Décio Pereira reage e diz manter confiança na palavra de Vasco Cordeiro

Obra do Porto do Topo só em 2018 – Décio Pereira reage e diz manter confiança na palavra de Vasco Cordeiro

Décio Pereira já reagiu às declarações do Secretário regional do Mar a dar conta de que a obra do Porto do Topo só avança em 2018.

O Presidente da Câmara da Calheta considera que são já “muitos anos da mesma promessa”, mas mantém a confiança no compromisso público feito por Vasco Cordeiro em São Jorge.

O autarca adiantou ainda compreender os trâmites legais que estes processos envolvem.

“Nós temos em São Jorge, nomeadamente no Concelho da Calheta, um compromisso pessoal, institucional, de uma forma muito clara do Senhor Presidente do Governo Regional de que esta infraestrutura do Porto do Topo ia ser realizada”, frisou Décio Pereira adiantando ainda que continua a “crer que isso é uma afirmação correta, que vai concretizar-se”.

O autarca calhetense disse ainda perceber que “existe processos de concurso e processos legais em torno de obras desta natureza que têm que se avaliados”, afirmando ainda compreender que “por vezes os orçamentos que existem para concretizar esses projetos são insuficientes”.

“Tenho a firme convicção e reitero essa opinião de que o compromisso do Senhor Presidente do Governo vai ser realmente realizado e que este tempo todo que existe para concretizar essa obra seja no sentido de fazer alguma coisa em concreto para o Porto do Topo e em concreto para o concelho da Calheta e para a ilha de São Jorge nomeadamente”, afirmou Décio Pereira.

O autarca disse ainda só desejar que “o projeto final seja em benefício da população da freguesia do Topo e do Concelho da Calheta”.

Décio Pereira garantiu ainda que no que depender de si enquanto presidente da Câmara Municipal da Calheta, e dentro do apoio institucional que o Município possa dar, tudo fará para que a obra possa concretizar-se.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top