Parcerias com autarquias e instituições sociais são fundamentais na aplicação dos apoios à habitação, afirma Andreia Cardoso

 A Secretária Regional da Solidariedade Social anunciou hoje, em Ponta Delgada, a atribuição de um apoio público no valor global de 314 mil euros para a recuperação de habitação degradada em quatro concelhos da ilha de São Miguel, abrangendo 130 famílias, gerido em conjunto com a administração local e Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

 Andreia Cardoso, que falava na cerimónia de assinatura de Contratos de Gestão de Apoios à Recuperação de Habitação Degradada, considerou as autarquias locais e as IPSS como parceiros fundamentais, na medida em que se encontram mais próximos da população e dos problemas que ainda se colocam a nível habitacional e assumem a gestão da intervenção do montante financeiro disponibilizado.

 “Estas parcerias são a garantia de que há uma adequada utilização das verbas que são disponibilizadas para os fins a que se propõem”, frisou a Secretária Regional.

 Na sua intervenção, Andreia Cardoso salientou que os acordos assinados “traduzem a preocupação do Governo Regional em ir acautelando aquelas que são as situações prioritárias que se vêm colocando em toda a Região”.

 Na atual legislatura, a soma dos investimentos já atribuídos pelo Executivo regional para a recuperação de habitação degradada ascende a cerca de 4,5 milhões de euros.

 

GaCS

Deixe uma resposta