Passados 15 anos do surgimento do projeto, Edifício Sol foi inaugurado esta terça-feira, em Rosais (c/áudio)

15 anos depois do surgimento do projeto foi inaugurado esta terça-feira, na freguesia dos Rosais, o Edifício Sol. Um edifício, cujo o investimento é superior a um milhão de euros, que alberga a partir de agora a Junta de Freguesia, a Casa do Povo e Grupo de Folclore, sendo ainda sede do Agrupamento de Escuteiros da Freguesia. O Edifício Sol tem ainda uma valência de Centro de Dia para os idosos.

Num investimento superior a um milhão de euros em que 40% foi suportado pelo Governo regional através de apoios cedidos às instituições em causa e em que 60% foi investimento da autarquia Velense, o presidente do Município, que há 15 anos atrás era Presidente da Junta de Freguesia dos Rosais, fala num sonho concretizado.

O Edifício Sol construído no sítio onde em tempos ficava localizada a Fábrica de Queijo dos Rosais e cuja construção passou por muitas fases, desde o ponto de a obra ficar parada anos a fio ao ponto dos rosalenses acharem que a mesma nunca iria chegar a ser concluída, teve agora um “final feliz” com a sua conclusão e respetiva inauguração e entrega às instituições.

Luís Silveira destaca a mais-valia deste Edifício para a freguesia, recordando, por outro lado, as dificuldades sentidas ao longo destes 15 anos.

Já os responsáveis pelas instituições que irão usufruir deste novo espaço, situado no Largo da Igreja, bem no centro da freguesia, não podiam estar mais satisfeitos.

Marília Freitas, a presidente da Junta de Freguesia, salientou as condições condignas de que a população passa a dispor a partir de agora.

 “Quem espera sempre alcança”, é desta forma que o Presidente da Casa do Povo, Gil Ávila, reage a esta inauguração.

Já João Paulo Silva, chefe do Agrupamento 975 do CNE de Rosais, deu as boas vindas a todo o agrupamento àquela que é a sua nova casa.

Presente na cerimónia de inauguração esteva o Secretário regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, que destacou a vitória que este edifício representa para a freguesia dos Rosais.

Para além de albergar a sede da Junta de Freguesia, Casa do Povo e Folclore e Agrupamento de Escuteiros, o Edifício Sol dispõe ainda de um Centro de Dia para os idosos da freguesia.

Pelos corredores e salas do edifício é possível encontrar ainda fotografias antigas e um espólio de maquinaria agrícola, cedido pela Família Fontes, natural de Rosais, ao Município das Velas, dando, assim, vida ao Centro de Exposição Rural do Edifício Sol.

Liliana Andrade/RL Açores

Fotografias: ©Fernando Silveira

Deixe uma resposta