Home / Açores / PCP Açores defende medidas de emergência para o setor do leite
PCP Açores defende medidas de emergência para o setor do leite

PCP Açores defende medidas de emergência para o setor do leite

O líder dos comunistas açorianos defendeu esta terça-feira a adoção de medidas de emergência nos Açores e no país para fazer face aos impactos negativos que está a ter na região o desmantelamento das quotas leiteiras da União Europeia.

Segundo Aníbal Pires declarou em conferência de imprensa em Ponta Delgada, “o aumento dos custos de produção e a contínua desvalorização do preço do leite está a colocar os produtores de leite à beira da ruína”.

Segundo o líder açoriano dos comunistas, existe “revolta e desilusão” por parte dos produtores do setor, e que a região e o Estado, e os seus governantes não podem “ignorar a tragédia que se avizinha”.

Os comunistas açorianos consideram ser “urgente” que no plano interno se encontrem soluções para baixar os custos de produção, num processo que deve ser concertado entre as associações agrícolas, agricultores e Governo Regional.

Já Duarte Moreira, do PS, refuta as acusações de Aníbal Pires, acusando-o de não conhecer o setor leiteiro dos Açores, considerando que o Governo Regional tem assumido uma postura de grande responsabilidade, apoiando os agricultores e em particular aqueles que se dedicam à lavoura, antevendo um momento de grande turbulência, provocado pelo fim do regime de quotas leiteiras, ditado pela União Europeia.

Recorde-se que os Açores representam cerca de 30 por cento da produção leiteira do país, sendo o setor agrícola um dos mais importantes pilares da economia regional.

GIPCP Açores/GIPS Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top