Home / Politica / PCP Açores insiste em manuais escolares gratuitos
PCP Açores insiste em manuais escolares gratuitos

PCP Açores insiste em manuais escolares gratuitos

A Representação Parlamentar do PCP Açores apresentou mais uma vez um projeto de Decreto Legislativo Regional para garantir a distribuição gratuita pelas escolas dos manuais escolares, a todos os alunos da escolaridade obrigatória.

De acordo com Aníbal Pires, a aquisição dos manuais escolares representa “um enorme sacrifício para os depauperados orçamentos das famílias açorianas, que a aprovação desta proposta poderá minimizar. O sistema de Ação Social Escolar e os esquemas de empréstimos de manuais estabelecidos nalgumas escolas apenas dão resposta aos agregados familiares com rendimentos muito baixos, deixando de fora a maior parte dos alunos, cujas famílias também sentem dificuldades significativas”.

Por outro lado, o líder do PCP Açores reitera que “o empréstimo dos manuais cria uma diferenciação social os entre alunos que possuem os seus próprios livros e que os podem utilizar livremente e os outros, que os têm de devolver no final do ano letivo”.

“O investimento que a Região irá realizar nesta matéria será sempre um investimento reprodutivo, de futuro, no sucesso escolar dos nossos alunos e na formação dos açorianos, justificando-se por isso inteiramente o esforço financeiro a realizar. Importa também salientar que a aquisição dos manuais diretamente pelas escolas permitirá obter poupanças importantes”, salientou o parlamentar.

Apesar da quantificação do programa ser difícil, de acordo com Aníbal Pires, “é possível calcular uma média por aluno e ciclo de ensino que resulta num valor anual em torno de apenas a 2,5% do orçamento do Orçamento da Secretaria Regional da Educação, sendo por isso um esforço residual que trará grandes benefícios para a Região”.

Para o PCP trata-se de garantir o direito à educação em igualdade de circunstâncias a todos os alunos do sistema educativo regional, contribuindo também para o sucesso escolar.

A proposta do PCP será discutida já na sessão parlamentar do presente mês de Outubro, de forma a que possa entrar em pleno funcionamento no ano lectivo 2016/2017.

Com a provação desta proposta cumprir-se-á, assim, também o estabelecido na Constituição, que garante o “direito ao ensino com garantia do direito à igualdade de oportunidades de acesso e êxito escolar” e determina que incumbe ao Estado “assegurar o ensino básico universal, obrigatório e gratuito”

GI PCP Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top