DestaqueLocalPolitica

PCP quer explicações do Governo sobre possível privatização da Indústria Conserveira de Santa Catarina

A Representação Parlamentar do PCP na Assembleia Legislativa Regional solicitou, com o pedido de urgência, ao Governo Regional dos Açores um conjunto de informações sobre o alegado processo de privatização da Fabrica de Santa Catarina – Indústria Conserveira SA. a funcionar na Vila da Calheta Ilha de São Jorge, dada aquela que os comunistas consideram ser a falta de esclarecimentos sobre o futuro desta indústria e dos seus trabalhadores.

Sobre as várias questões que se levantam neste processo importa para o PCP informar os trabalhadores e a população em geral se o processo de privatização irá avançar e neste caso qual a estratégia  para a compra da empresa, quais são os interessados  e que garantias existem para a continuidade desta importante industria do setor conserveiro nos Açores.

O PCP alerta para a situação das privatizações de importantes indústrias transformadoras levadas a cabo pelo Governo Regional que, segundo afirmam, não têm obtidos os melhores resultados para os trabalhadores e para a indústria nos Açores.

A Fabrica de Santa Catarina é atualmente um dos maiores empregadores da Ilha de São Jorge, com 139 funcionários, sendo a sua grande maioria do sexo feminino (120). Pelo número de postos de trabalho garantidos e pela grande mais-valia que constitui a sua produção, a Representação Parlamentar do PCP considera que a fábrica tem um peso muito significativo na economia da ilha de São Jorge que deve ser protegido.

 

 

 

GI PCP Açores/RL Açores

Fotografia: ©Direitos Reservados

Comment here