“Pelos critérios que o PSD estabeleceu em 2014 a Governação do PS-Açores é um sucesso”, salientou José San-Bento

O Grupo Parlamentar do PS/Açores destacou esta quinta-feira os bons resultados que a Região tem alcançado ao longo desta legislatura, nas áreas do turismo, dos transportes e do emprego.

Isso mesmo foi afirmado por José San-Bento, que falava no Parlamento Açoriano, na cidade da Horta.

O deputado socialista salientou que o PSD/Açores apregoava, em Novembro de 2014, que o “desemprego era um descalabro, o turismo era uma razia que ia levar à falência de muitos empresários nos Açores e que havia também, ao nível dos transportes, preços de passagens aéreas muito dispendiosos”.

“Volvidos dois anos, no turismo os Açores apresentam em 2016 um record absoluto de turistas, dormidas e receitas. Nos transportes aéreos e marítimos vivemos uma verdadeira revolução onde se salienta a maior baixa de tarifas aéreas de sempre no inter-ilhas e nas ligações para o exterior. E no que diz respeito ao emprego a Região regista o mais baixo nível de desemprego dos últimos 5 anos. Ou seja, pelos critérios que o PSD estabeleceu em novembro de 2014, no debate parlamentar sobre o Orçamento Regional para 2015, a conclusão só pode ser uma: a Governação do PS-Açores é um sucesso”, destacou José San-Bento.

O parlamentar sublinhou que o PS “tem apostado na coesão territorial com inúmeras infraestruturas, na coesão social com serviços e valências, bem como na coesão económica, que tem envolvido todas as ilhas dos Açores”.

José San-Bento considerou que “há muito mais vantagens do que desvantagens nas maiorias absolutas do PS nos Açores”, razão pela qual o “povo nos tem dado também essa confiança”.

 “Esta maioria absoluta do PS/Açores no Parlamento Açoriano é positiva, dialogante e reformista, assumindo nos últimos quatro anos o carácter essencial de ser uma maioria anti austeridade”.

Nós já fizemos muito. Aquilo que falta fazer é menos do que o que já está feito, mas nós temos de continuar esse percurso de recuperação e de desenvolvimento dos nossos Açores. Nem tudo está bem, nem tudo está feito; reconhecemos que há assimetrias nos Açores incompatíveis com o desenvolvimento que o PS deseja. Mas esta é até uma justificação para nós voltarmos a pedir a confiança dos Açorianos nas próximas eleições regionais”, considerou José San-Bento.

GI PS/Açores

Deixe uma resposta