Perspetivas para o desenvolvimento da agricultura biológica na ilha de São Jorge

O Auditório Municipal de Velas foi palco para uma Tertúlia sobre as perspetivas para o desenvolvimento da agricultura biológica na Ilha de São Jorge, sendo uma organização da “Trybio”.

O evento contou com a participação do Avelino Ormonde, agricultor certificado na ilha Terceira com a exploração Biofontinhas, e do Engenheiro Alfredo Sendim, da Herdade Freixo do Meio, outro agricultor e técnico de agricultura biológica de referência a nível nacional e internacional.

Falando no âmbito da iniciativa, o Presidente do Município de Velas, Luís Silveira, destacou a importância da agricultura biológica, tendo destacado, a título de exemplo, a produção do inhame, que remonta à povoação da Ilha, e que se mantém até aos dias de hoje em produção considerada biológica.

Admitindo que há um longo caminho a percorrer nesta área, mas da parte do Município deixou a certeza da importância deste tipo de agricultura, destacando o papel do Mercado Municipal, que funciona quinzenalmente, como um espaço primordial para a promoção e venda de produtos oriundos da Agricultura Biológica, deixando o desafio para que em breve possamos contar com uma banca com este tipo de produtos.

Luís Silveira destacou igualmente pela positiva o aumento quer da procura como da oferta destes produtos.

De salientar que esta iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal das Velas e insere-se na implementação da Estratégia para o Desenvolvimento da Agricultura Biológica dos Açores.

Imagem: CMV

CMV/RL Açores

Deixe uma resposta