Açores

Pico vai ter unidade de diálise para evitar deslocação de utentes

O Governo dos Açores decidiu incumbir o Hospital da Horta de criar uma unidade de diálise no Pico, tendo em vista evitar a deslocação dos utentes com necessidade de fazer diálise ao Hospital da Horta e garantindo-lhes a prestação deste tratamento mais perto dos seus lares e das suas famílias.

A decisão foi anunciada sexta-feira pela Secretária Regional Adjunta da Presidência para os Assuntos Parlamentares na apresentação do comunicado do Conselho do Governo que reuniu no Pico no âmbito da visita estatutária a esta ilha.

Isabel Rodrigues anunciou ainda a decisão de autorizar a empreitada de remodelação do Centro de Saúde das Lajes do Pico.

A obra, prevista na Carta Regional das Obras Públicas, tem o preço base de 750 mil euros e um prazo de execução de 360 dias.

A remodelação visa melhorar a estrutura do edifício, dotando-o de melhores condições de segurança, conforto e acessibilidade para os utentes e profissionais deste serviço.

Na área da solidariedade social, foi deliberado celebrar um contrato de cooperação-valor investimento entre o Governo Regional e a Santa Casa da Misericórdia da Madalena, prevendo uma comparticipação até cerca de 1,5 milhões de euros, com o objetivo de assegurar o financiamento necessário à construção do Centro de Apoio ao Idoso da Madalena.

Este Centro permitirá apoiar um total de 130 utentes, sendo 70 em Lar, 10 em Centro de Dia e 50 em Serviço de Apoio Domiciliário.

Na agricultura, o Governo Regional decidiu proceder à conservação, manutenção e limpeza de 200 quilómetros de caminhos rurais e florestais na ilha do Pico.

Esta medida irá facilitar o acesso às explorações agropecuárias, através da regularização e pavimentação do piso e da desobstrução e limpeza dos pavimentos, redes de drenagem, bermas e taludes.

O Governo dos Açores vai ainda desencadear os procedimentos necessários à execução do projeto de remodelação do Matadouro da Ilha do Pico com o objetivo de aumentar a capacidade de frio e a lotação da sua abegoaria.

Com esta medida, o Executivo promove a competitividade do setor na ilha, dotando esta infraestrutura de capacidade de resposta ao aumento do número de abates registado e às perspetivas de crescimento futuro.

GaCS/RL Açores

Comment here