Polícia Marítima da Horta interceta apanhador de lapas em período de defeso

Uma equipa do Comando-local da Polícia Marítima da Horta, no decorrer de uma patrulha pela orla costeira no dia 8 de abril, identificou um indivíduo que transportava uma mochila, o qual, ao aperceber-se da presença dos agentes, tentou desfazer-se de tudo quanto carregava.

Perante o comportamento suspeito, a patrulha da Polícia Marítima decidiu intercetar o individuo que, sem nunca negar ter estado a exercer a apanha de lapas, dizia ter lançando tudo à água. A persistência dos agentes conduziu-os ao esconderijo utilizado, resultando na apreensão de todo o material e, por apresentarem bons sinais de sobrevivência, devolução dos espécimes ao mar.

A quantidade apreendida, cerca de 9 kg, excedia o limite máximo permitido para um apanhador lúdico. Para além disto, a espécie está atualmente em período de defeso, o qual apenas termina a 30 de abril.

O individuo então identificado incorre agora numa coima que pode ir dos 250€ aos 3.500€.

Autoridade Marítima Nacional/RL Açores

Deixe uma resposta