Home / Destaque / Portos dos Açores, S.A. adjudica empreitadas em S.Jorge e Terceira superiores a 19 milhões de euros
Portos dos Açores, S.A. adjudica empreitadas em S.Jorge e Terceira superiores a 19 milhões de euros

Portos dos Açores, S.A. adjudica empreitadas em S.Jorge e Terceira superiores a 19 milhões de euros

A Portos dos Açores, S.A. adjudicou empreitadas para a realização de investimentos em infraestruturas portuárias das ilhas São Jorge e Terceira num montante superior a 19 milhões de euros, variando os respetivos prazos de execução entre os 24 e os seis meses.

No primeiro dos casos trata-se da empreitada de “Construção do prolongamento do molhe-cais do Porto das Velas”, cujo montante ronda os 17,8 milhões de euros mais IVA, obra que ficará a cargo de um agrupamento constituído pelas empresas Tecnovia Açores – Sociedade de Empreitadas, S.A., Somague Ediçor – Engenharia, S.A. e Marques, S.A., a qual deve ser executada em dois anos.

Em S. Jorge a empreitada de prolongamento do cais comercial atual e respetivo molhe de proteção, em mais 150 metros, inclui a construção de uma nova gare de passageiros, adjacente à rampa Ro-Ro para navios ferry e o reordenamento dos espaços envolventes, bem como a edificação de um armazém destinado a oficinas e garagem dos equipamentos de movimentação das mercadorias e a instalação de redes técnicas (água, energia elétrica, combate a incêndios e combustíveis), no prolongamento do cais, a par da reabilitação/beneficiação das redes já existentes.

Na ilha Terceira, por seu lado, vão ser desenvolvidas duas empreitadas, em concreto a “Instalação da rede de incêndios do Porto da Praia da Vitória” e a “Reparação do cais do Porto da Praia da Vitória e pavimentação do acesso ao parque de combustíveis”, trabalhos adjudicados, respetivamente à Somague Ediçor – Engenharia, S.A., por 12 meses, no montante de 780 mil euros mais IVA, e à Tecnovia Açores – Sociedade de Empreitadas, S.A., para execução em seis meses, num valor que ronda os 350 mil euros mais IVA.

Na Terceira as intervenções de obras públicas adjudicadas pela Portos dos Açores, S.A. consistem na instalação da rede de incêndios e na demolição e reconstrução das lajes de pavimento do cais comercial fissuradas e/ou partidas, em quatro áreas distintas, assim como no reperfilamento do enrocamento do talude de proteção do topo do cais da infraestrutura portuária da Praia da Vitória a -12.0 metros (Z.H.) e, ainda, na pavimentação em betuminoso do acesso ao parque de combustíveis, numa extensão de aproximadamente 180 metros, cuja via de circulação automóvel apresentará dois sentidos e um perfil transversal com 7,0 metros.

Estas três empreitadas dão corpo ao compromisso oportunamente assumido pelo Governo dos Açores na «Carta Regional de Obras Públicas 2013-2016» relativamente a investimentos nos diferentes portos da Região.

GI Portos dos Açores, S.A./RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top