Home / Destaque / Presidente da Câmara da Calheta teme que se queira apenas vender a marca Santa Catarina, estando preocupado com o que a privatização da empresa possa significar (c/áudio)
Presidente da Câmara da Calheta teme que se queira apenas vender a marca Santa Catarina, estando preocupado com o que a privatização da empresa possa significar (c/áudio)

Presidente da Câmara da Calheta teme que se queira apenas vender a marca Santa Catarina, estando preocupado com o que a privatização da empresa possa significar (c/áudio)

Quem também está deveras preocupado com a privatização da Indústria Conserveira Santa Catarina é Décio Pereira. O presidente da Câmara Municipal da Calheta já transmitiu por diversas vezes a sua preocupação neste sentido, falando agora, em entrevista à RL Açores, sobre o passivo da empresa, o investimento necessário e dizendo mesmo que urge saber os contornos desta privatização e as suas implicações a longo prazo.

À margem da reunião do Conselho de Ilha desta quinta-feira, confrontado sobre se os trabalhadores da conserveira já o abordam sobre a situação que a empresa poderá atravessar, Décio Pereira diz que isso ainda não é uma realidade no concelho, uma vez que ainda ninguém tem bem a noção do que aqui está em causa, temendo, por outro lado, que se esteja apenas a tentar vender a marca “Santa Catarina”.

O Presidente da Câmara Municipal da Calheta que acredita que Vasco Cordeiro “vai ter a melhor atenção” no que a este assunto diz respeito.

 

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top