Home / Açores / Presidente da Câmara da Madalena faz balanço positivo a dois anos de mandato
Presidente da Câmara da Madalena faz balanço positivo a dois anos de mandato

Presidente da Câmara da Madalena faz balanço positivo a dois anos de mandato

Dezenas de obras concluídas, diversos projetos de dinamização cultural, social e educativa e uma visão política estrategicamente definida na promoção turística: são muitos os projetos executados pela autarquia, que traduzem uma visível melhoria da qualidade de vida no Município, fazendo do Concelho um lugar de excelência para viver, visitar e voltar.

Em entrevista ao Jornal Ilha Maior o Presidente da Câmara Municipal da Madalena, José António Soares, faz uma retrospetiva dos últimos dois anos de mandato à frente dos destinos do Município, definindo uma estratégia ambiciosa para fazer do mais jovem concelho da Ilha do Pico um município mais cosmopolita, moderno e atraente.

A terceira fase de requalificação do Centro da Vila, a requalificação da frente marítima entre a Piscina e o Porto da Areia Larga, a construção de uma ciclovia entre a Barca e o Cachorro, a Casa das Memórias do Canal são apenas alguns dos vários projetos, que prometem acrescentar valor à paisagem urbanística da Madalena e alavancar o turismo.

“Se queremos um turismo de qualidade temos que dar condições aos que estão cá, mas também a quem nos visita. É dentro deste conceito que gostaria de ver a Madalena crescer”, refere o autarca em entrevista, acrescentando que “é preciso aproveitar a Paisagem Protegida da Cultura da Vinha, bem como o fato da montanha ser uma das sete maravilhas de Portugal e de a Madalena ser capital do Vinho e da Vinha”, potenciando turisticamente todos esses aspetos, por forma a cativar outros mercados turísticos.

Madalena, Investir para Atrair
Assumindo-se como candidato à presidência da Câmara Municipal da Madalena em 2017, afirmando no entanto não poder prever “o que vai acontecer pelo meio”, José António Soares, destaca a construção de um novo furo de captação de água e a requalificação da zona industrial como projetos cruciais para o desenvolvimento do concelho, promovendo a melhoria da qualidade de vida da população, como alavanca de atração de novos residentes.

“Todos sabemos que a Ilha do Pico tem um grande problema de falta de pessoas e isso não se resolve milagrosamente, mas, sim, com políticas de captação de mais pessoas (…) o que estamos a fazer é exatamente nesse sentido de captar mais gente para que a Madalena se torne mais atrativa e se viva no Concelho com melhor qualidade, cativando mais moradores (…) Vamos continuar a criar condições para captar mais pessoas, para sermos uma vila interessante, bonita e apelativa”.

Não obstante os projetos ambiciosos, o líder do Executivo autárquico reforça a importância de manter as contas equilibradas, referindo que “o passivo do Município é muito curto”, e portanto, “a capacidade de endividamento é grande, o que permite levar este barco de forma tranquila”.

A saúde financeira do Município deve-se também ao árduo trabalho desenvolvido e ao esforço feito em aproveitar os apoios externos, mediante a candidatura a diversos programas, nomeadamente ao Prorural. “Fizemos aquele trabalho de formiguinha e, assim, aproveitámos tudo o que nos deram, não tendo nenhum segredo milagroso, mas beneficiando de candidaturas que ninguém estava a aproveitar”.

GI CM Madalena/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top