Ultimas
Home / Açores / Privatização da TAP já está a prejudicar a ilha do Faial, acusa CDU Faial
Privatização da TAP já está a prejudicar a ilha do Faial, acusa CDU Faial

Privatização da TAP já está a prejudicar a ilha do Faial, acusa CDU Faial

O anúncio da decisão da TAP em não concorrer às novas obrigações de serviço público nas ligações de Lisboa com as gateways da Horta, Pico e Santa Maria,   que já era esperado, resulta diretamente do processo de privatização da TAP e visa desligar a empresa de contratos de longa duração, “favorecendo assim o futuro acionista privado e prejudicando de modo fortíssimo o serviço publico essencial que a empresa deve prestar”, pode ler-se num comunicado da CDU Faial.

De acordo com esse mesmo comunicado, “este é um exemplo do tipo de situações gravosas que decorrem da perda de controlo público sobre a TAP para as quais a CDU tem vindo a alertar e que levou, nomeadamente, à aprovação no Parlamento Regional de um Projecto de Resolução do PCP visando contestar a privatização da TAP e procurando assegurar que a empresa mantenha o mesmo nível de serviço à Região”.

A CDU Faial lamenta, no entanto, que o Governo da República tenha decidido “ignorar mais uma vez as preocupações dos açorianos”.

“Devem ser denunciadas as responsabilidades do PS e do PSD, que sempre estiveram unidos no desígnio da privatização da TAP. Estas forças políticas devem agora explicar aos faialenses porque é que os seus próprios partidos tomaram esta decisão que prejudica objectivamente a nossa ilha”, lê-se no comunicado.

A CDU considera que a SATA, ao assumir o serviço público nas ligações entre estas ilhas e o continente tem de forçosamente manter o mesmo nível de serviço, nomeadamente em termos das frequências, “sob pena de estarmos perante um recuo grave no direito dos açorianos à mobilidade”.

De acordo com a força partiária, é “urgente a SATA emitir um esclarecimento sobre a sua capacidade operacional, a fim de se encontrar atempadamente soluções logísticas que permitam colmatar a diminuição de meios causada pela desistência da TAP”.

A CDU deixou claro que “continuará com determinação a lutar contra a privatização da TAP e pela reversão desta decisão, defendendo, como sempre, os interesses da ilha do Faial e de todas as ilhas dos Açores”.

A CDU Faial propôs ainda em comunicado que os Órgãos de Poder Local e o Conselho de Ilha, em reuniões extraordinárias, nos casos em que tal for necessário, tomem posições claras e muito urgentes sobre esta gravíssima questão.

CDU Faial/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top