Home / Local / Processo que envolve a Castanheira e Soares e a ADIS é “o mais complexo deste momento” (c/audio)
Processo que envolve a Castanheira e Soares e a ADIS é “o mais complexo deste momento” (c/audio)

Processo que envolve a Castanheira e Soares e a ADIS é “o mais complexo deste momento” (c/audio)

Na última reunião da Assembleia Municipal, o presidente da Câmara Municipal de Velas, Luís Silveira, esclareceu o processo que envolve a Associação para o Desenvolvimento da Ilha de São Jorge (ADIS) e a empresa de construção Castanheira e Soares, dizendo mesmo que “é o processo mais complexo deste momento”.

Luís Silveira referiu também que este não é um processo que envolve propriamente a escola profissional de São Jorge, da qual a ADIS é proprietária, ou o seu arresto, mas sim um processo relacionado com declarações proferidas pelo antigo autarca Manuel Silveira, ao ter afirmado na comunicação social “que tinha pago à Castanheira e Soares a divida da escola.”

O presidente do município explicou que para além do processo que foi colocado à ADIS a empresa Castanheira e Soares também colocou um processo a Manuel Silveira na qualidade de pessoa, de Presidente de Câmara e de presidente da ADIS na altura, onde alega ter entrado em processo de insolvência após as declarações do antigo presidente ao dizer ter pago uma divida que afinal não pagou, como diz Luís Silveira.

Segundo o autarca a empresa de construção Castanheira e Soares pede então uma indeminização por considerar ter entrado apenas em processo de insolvência devido às declarações proferidas pelo antigo presidente de câmara, Manuel Silveira, uma vez que estas declarações “fizeram com que os credores da empresa lhes cortassem o crédito”.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top