Home / Açores / Projeto «Heróis da Fruta» incentiva crianças a comerem mais fruta
Projeto «Heróis da Fruta» incentiva crianças a comerem mais fruta

Projeto «Heróis da Fruta» incentiva crianças a comerem mais fruta

Decorre atualmente em cerca de 1160 escolas do país o projeto «Heróis da fruta – lanche escolar saudável», que é levado a cabo pela APCOI, a Associação Portuguesa contra a obesidade infantil e, que se segundo Mário Silva, presidente desta associação, tem por objetivo incentivar as crianças a partir dos dois anos a comer mais fruta, como forma de prevenir a obesidade infantil e as restantes doenças associadas.

Em declarações à RL Açores, o Doutor Mário Silva, presidente da APCOI, afirmou que 70 mil crianças estão envolvidas neste projeto escolar, que “decorre em jardins-de-infância e escolas básicas do primeiro ciclo”, sendo que nesta fase do projeto estão a participar 17 estabelecimentos de ensino da Região Autónoma dos Açores.

“O Projeto Heróis da Fruta – lanche escolar saudável é uma iniciativa que já se realiza desde 2011 e que tem por objetivo incentivar as crianças até aos 10 anos a comerem mais fruta diariamente”, frisou o responsável.

Mário Silva explicou que “este projeto surge neste contexto nacional”, onde os dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Saúde e a Organização Mundial de Saúde “apontam para um consumo nesta faixa etária de apenas 2% das crianças, ou seja, apenas 2% das crianças consomem fruta fresca diariamente.”

O responsável pelo projeto explicou também que as crianças ao estarem integradas neste projeto vão aprender que quantidades de fruta devem comer e “a importância da fruta para a vida delas, associando as cores aos nutrientes”.

O presidente da APCOI afirmou que se registou um aumento na ordem dos 20% da ingestão de fruta nos lanches escolares após a análise do impacto que este projeto teve nas edições anteriores, sendo que ainda estão “a avaliar dados mais específicos para cada região” que “serão brevemente também divulgados”.

O trabalho da Associação portuguesa contra a obesidade infantil começou em 2010 e Mário Silva afirma que “os números são alarmantes no que toca a obesidade infantil”, dizendo mesmo que “uma em cada três crianças tem excesso de peso ou é obesa”.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top