Home / Açores / Proteção social dos beneficiários do programa de Suporte ao Emprego Integrado foi reforçada
Proteção social dos beneficiários do programa de Suporte ao Emprego Integrado foi reforçada

Proteção social dos beneficiários do programa de Suporte ao Emprego Integrado foi reforçada

A componente de proteção social do Suporte ao Emprego Integrado (SEI) foi reforçada, permitindo aos beneficiários deste programa de âmbito regional aceder, em caso de necessidade, a apoios como o subsídio de doença e a descontarem para efeitos de reforma.

As alterações ao SEI decididas pelo Governo dos Açores, hoje publicadas em Jornal Oficial, contemplam ainda a atualização dos diversos montantes a pagar aos beneficiários no âmbito deste programa, considerando a atualização, enquanto valor de referência, do salário mínimo para 584,85 euros.

Por outro lado, e de acordo com o novo Regulamento, as entidades promotoras passam a poder pedir a prorrogação a partir do quinto mês de adesão.

O Suporte ao Emprego Integrado tem por objetivo promover a inserção profissional e social de desempregados, no âmbito de projetos que se enquadrem nas atividades desenvolvidas pelos programas PROSA e RECUPERAR.

Os projetos têm uma duração inicial de seis meses podendo ser prorrogados por igual período, sem ultrapassar a duração máxima da prestação de desemprego auferida pelos beneficiários.

As entidades sem fins lucrativos, cooperativas e das administrações central, regional e local que beneficiem da ocupação de trabalhadores continuam sujeitas, entre outras obrigações, a garantir e suportar um seguro relativo a acidentes de trabalho, e a manter os postos de trabalho já existentes.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top