DestaqueLocalPolitica

PS/Açores mantém aposta na abertura de novos mercados para os produtos jorgenses

Responder à falta de mão-de-obra e reforçar as exportações são dois dos desafios identificados pelo PS/Açores na ilha de São Jorge. “Sabemos que foram investidos mais de 200 milhões de euros em São Jorge, nos últimos 8 anos. Agora que em termos de infraestruturas temos mais condições nos vários setores, temos que atrair mais mão-de-obra e potenciar a capacidade exportadora das nossas empresas”, afirmou André Rodrigues no âmbito das jornadas parlamentares que os deputados do PS/Açores estão a realizar.

“Estas jornadas permitiram ver o que foi feito – e foi bem feito -, ver as obras e investimentos que estão em curso e identificar o que ainda falta fazer”, explicou o parlamentar depois das visitas à Conserveira de Santa Catarina e ao Matadouro, realçando também as intervenções feitas ao nível da infraestruturação em diversos setores, o que “permite dar as condições base, na saúde, na educação e no apoio social…”.

“A parte infraestrutural também é importante para dar as condições mínimas para os nossos jovens que queiram criar cá o seu emprego e para que os nossos atores económicos, os nossos empresários possam ter condições para competir no mercado, na Região Autónoma dos Açores e no exterior”.

André Rodrigues destaca o desenvolvimento da ilha: “Estamos a falar de uma ilha altamente exportadora – per capita devemos ser a ilha que mais exporta, se retirarmos a questão do turismo -, porque temos o nosso queijo, temos a Santa Catarina e temos setores que podem e vão ser potenciados por todos, incluindo pelos nossos empresários e pelos jovens”.

“Tendo a questão da infraestruturação resolvida, temos agora que nos virar para o emprego, porque como temos assistido nestas visitas há necessidade de mão-de-obra em vários setores, como na construção civil, no cooperativismo, no turismo, na Conserveira Santa Catarina, na restauração”, adianta.

André Rodrigues realçou ainda “que em termos de rendimentos o Governo dos Açores tem feito um bom trabalho dedicando, ano a após ano, parte do seu orçamento para reforçar os rendimentos das famílias e para as empresas”.

GI PS Açores/RL Açores

Comment here