PS isolado reprova anualidade dos concursos de professores, acusa PCP

A proposta do PCP que visava tornar anuais os concursos de professores foi hoje chumbada apenas com os votos contra do PS. O Deputado Aníbal Pires lamentou que, mais uma vez, o PS tenha imposto “a ditadura da sua maioria absoluta”

O Deputado do PCP apontou o paradoxo desta atitude, pois o PS concorda que é necessário repor a anualidade dos concursos e apenas por “calculismo político-eleitoral” não aprovou a proposta do PCP.

Por isso, afirmou Aníbal Pires, “é necessário que o Povo Açoriano acabe com a maioria absoluta ao PS que, desde o ano 2000, quando a ganhou pela primeira vez, esqueceu toda a humildade democrática”.

GI PCP Açores/RL Açores

Deixe uma resposta