PSD Açores pede explicações ao governo sobre acordo entre SATA e TAP

O PSD/Açores pediu esta quarta-feira ao governo regional explicações sobre o acordo comercial assinado entre a SATA e a TAP e que levou a que as ligações aéreas de serviço público entre o continente e as ilhas do Faial e Pico sejam asseguradas apenas pela transportadora aérea regional.

Num requerimento assinado pelos deputados do PSD/Açores Jorge Macedo, Luís Garcia e Cláudio Lopes, constata-se que “o presidente do governo regional dos Açores escondeu dos açorianos a existência de um acordo entre a SATA e a TAP para a realização das obrigações de serviço público nas ligações aéreas para as ilhas do Faial e Pico”.

Esta postura, afirmam, permite comprovar que “o governo regional tem abordado este assunto com o objetivo único de iludir os açorianos, ou seja, queixa-se de não ter conhecimento dos motivos que levaram a TAP a deixar de voar para as ilhas do Faial e Pico ao mesmo tempo que sabe que essa decisão resultou de um acordo comercial conjunto para os Açores entre aquela companhia e a SATA”.

Desta forma, e “considerando que o governo regional é o acionista único da SATA” os deputados do PSD/Açores perguntam se “foi o governo regional informado das negociações entre a TAP e a SATA e da estratégia conjunta das duas companhias para o mercado Açores” e se “sabia o governo regional que o fim das ligações da TAP com as ilhas do Faial e do Pico se deveu apenas a esse acordo comercial com a SATA?”.

Os deputados sociais-democratas açorianos pretendem também apurar se alguma vez “foi, por algum meio, solicitada ao governo regional a sua opinião sobre a concretização desse acordo entre a SATA e a TAP”.

“Como justificar as declarações de vários membros do governo insinuando que a SATA estaria a voar para o Pico e Faial por indicação do próprio governo regional quando agora se sabe que essa decisão nasceu de um acordo entre ambas as companhias?”, questionam ainda.

Por fim, os deputados subscritores do documento solicitam “cópia de todos os acordos comerciais assinados entre a SATA e a TAP nos últimos três anos”.

GI PSD Açores/RL Açores

Deixe uma resposta