Ultimas
Home / Politica / PSD questiona funcionamento da Medicina Nuclear no Hospital da Terceira
PSD questiona funcionamento da Medicina Nuclear no Hospital da Terceira

PSD questiona funcionamento da Medicina Nuclear no Hospital da Terceira

A deputada do PSD/Açores, Mónica Seidi, questionou esta quarta-feira o funcionamento da unidade de Medicina Nuclear do Hospital da Ilha Terceira, “uma valência inaugurada, com pompa e circunstância, em novembro de 2015, mas que só em agosto passado realizou o seu primeiro exame. Nove meses depois”, lembrou a deputada Mónica Seidi.

A social-democrata recordou que estava estimada a realização “de cerca de 600 a 700 exames por ano. Até agora, foram executados perto de 140, ou seja, um número bastante inferior às expetativas iniciais”.

“Sendo que a Região tem um rácio inferior à média nacional nesse tipo de exames, a desculpa outrora dada com a necessidade de deslocar os doentes ao Continente já não serve, porque temos a valência cá. Infelizmente, os exames continuam a não ser realizados conforme o esperado”, criticou Mónica Seidi.

A parlamentar questionou o secretário regional da saúde sobre o aparente “subaproveitamento” daquela valência, querendo saber “se a mesma tem todos os meios necessários ao seu dispor, bem como as respetivas certificações”.

Mónica Seidi perguntou concretamente “que exames estão disponíveis naquele serviço do Hospital da Ilha Terceira”, e se há exames não realizados “direcionados à Cardiologia ou ao PET-SCAN. Gostaria também de saber se, como foi notícia há uns dias, houve exames cancelados ou apenas realizados exames de urgência, à revelia da administração do hospital”, avançou.

A deputada pediu ainda informações sobre a dinâmica do funcionamento da unidade, nomeadamente em relação “ao seu corpo clinico, à presença de um diretor clinico, que será o especialista em Medicina Nuclear responsável pela realização de exames e pela execução de relatórios”, concluiu.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top