Home / Politica / PSD/Açores avança com propostas para valorização da Autonomia
PSD/Açores avança com propostas para valorização da Autonomia

PSD/Açores avança com propostas para valorização da Autonomia

A criação de um “Museu do Parlamento” na sede da Assembleia Legislativa e a realização de uma campanha publicitária de sensibilização autonómica na comunicação social de todas as ilhas constituem os principais objetivos dos dois projetos de Resolução que o PSD/Açores entregou esta semana no parlamento regional.

As duas propostas foram formalizadas na data simbólica de 2 de março, assinalando os 120 anos da primeira autonomia administrativa dos Açores, e pretendem “contribuir para a valorização da nossa autonomia política junto das atuais e futuras gerações açorianas”, explicou o deputado subscritor José Andrade.

O PSD/Açores propõe a criação de um “Museu do Parlamento”, a instalar na atual sede da Assembleia Legislativa, cujo edifício assinala este ano o 25º aniversário da sua inauguração na cidade da Horta. “É tempo de celebrar a memória do Parlamento dos Açores, reconhecendo e registando figuras e factos da sua implantação e evolução, e de fazer a pedagogia da Autonomia Política, para as novas e futuras gerações açorianas e para quantos nos visitam na sede autonómica”, disse o deputado José Andrade.

Neste projeto de Resolução, o social democrata considera que “os 40 anos da autonomia política, instituída em 1976, e as ‘bodas de prata’ da atual sede parlamentar, concluída em 1990, justificam a criação deste museu pedagógico sobre a nossa instituição parlamentar, cujo programa seria formalmente lançado a 15 de junho de 2015 (25º aniversário da nova sede) e oficialmente inaugurado a 27 de julho de 2016 (40º aniversário das primeiras eleições legislativas), como forma de celebrar os dois eventos de forma perene”, acrescentou.

Para tal, José Andrade defende “a instalação de um núcleo museológico de caráter formal no edifício-sede da Assembleia Legislativa, para uma exposição permanente sobre a organização da Região Autónoma dos Açores, os seus símbolos heráldicos e os seus órgãos de governo próprio, assim como uma síntese das competências e atribuições da Assembleia Legislativa e uma retrospetiva dos resultados das eleições legislativas regionais”.

“Propomos que o referido museu inclua igualmente uma galeria fotográfica e biográfica dos sucessivos presidentes da Assembleia Legislativa, um registo fotográfico dos deputados de todas as legislaturas e uma referência às sucessivas instalações da sede parlamentar e suas delegações de ilha, além de recordar as sessões solenes com os diferentes Presidentes da República e de registar uma retrospetiva de todas as Insígnias Autonómicas atribuídas nas comemorações anuais do Dia da Região Autónoma dos Açores”, adiantou.

Segundo José Andrade, esta criação de espaços museológicos associados à instituição parlamentar “é uma tendência crescente na Europa e na América, que podemos adotar como forma de dignificar o Parlamento e valorizar a Autonomia”. O projeto prevê também a possibilidade de realizar visitas virtuais ao Museu do Parlamento, através do site oficial da Assembleia Legislativa, pensando assim nos residentes em todas as ilhas e na diáspora açoriana.

Ainda no âmbito das comemorações dos 40 anos da Região Autónoma dos Açores, que culminam no final da presente legislatura, o PSD/Açores apresenta um segundo Projeto de Resolução que visa a pedagogia da autonomia açoriana através da comunicação social de todas as ilhas.

Para o deputado José Andrade, que subscreve também esta segunda proposta, “poderemos desta forma valorizar o regime autonómico e promover a instituição parlamentar, ao mesmo tempo que ajudamos a comunicação social privada açoriana que atravessa uma preocupante conjuntura de dificuldades económicas”.

O deputado do PSD/Açores propõe que a Assembleia Legislativa “lidere e implemente uma campanha publicitária, de caráter institucional e interesse pedagógico, em todos os jornais e rádios da comunicação social açoriana, entre os meses de setembro de 2015 e junho de 2016″.

“A campanha divulgaria textos, breves e apelativos, de informação e esclarecimento sobre a organização e o funcionamento da Região Autónoma dos Açores”, explica José Andrade, “efetivando-se com a publicação de páginas de publicidade em todos os jornais da Região e com a emissão de spots publicitários nas estações de radiodifusão existentes em todos os concelhos açorianos”.

Esta segunda proposta intitulada “Pedagogia da Autonomia na Comunicação Social” recorda que “a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores é o órgão mais representativo e determinante da vida coletiva dos açorianos, como primeiro responsável pela conquista e salvaguarda da nossa Autonomia Política” e, por outro lado, considera que “os órgãos locais de comunicação social constituem, no seu conjunto, o meio adequado de disseminação de uma mensagem institucional de proximidade pelas diferentes comunidades de todas as parcelas do nosso território”.

GI PSD Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top