Home / Politica / PSD/Açores defende diálogo entre a SATA e Delta Airlines para benefício de todas as ilhas da Região
PSD/Açores defende diálogo entre a SATA e Delta Airlines para benefício de todas as ilhas da Região

PSD/Açores defende diálogo entre a SATA e Delta Airlines para benefício de todas as ilhas da Região

O grupo parlamentar do PSD/Açores desafiou o Governo regional a estimular e a mediar o diálogo entre o Grupo SATA e a Delta Airlines com o objetivo de assegurar que os passageiros desembarcados em São Miguel nos voos da companhia aérea norte-americana possam, se esse for o seu interesse, ser reencaminhados para outras ilhas da Região.

António Pedroso, deputado PSD/Açores, que falava no parlamento açoriano, lamentou que a possibilidade de ligação dos voos da Delta Airlines a todas as ilhas em voos corrido, isto é, com o mesmo bilhete aéreo, não tenha sido possível a partir da primeira venda de bilhetes para as ligações entre os EUA e Ponta Delgada operadas pela Delta Airlines a partir de maio.

“Urge acautelar essas ligações, melhorando os reecaminhamentos entre São Miguel e as restantes ilhas açorianas, agora que essas obrigações de serviço público passarão a ser subsidiadas pela República, com vista a reduzir a sazonalidade, a incrementar o turismo em época baixa e fomentar o equilíbrio da economia do setor em todas as ilhas”, afirmou.

António Pedroso sublinhou que “apesar do crescimento generalizado do turismo na Região, existem ilhas que não estão a acompanhar a média regional”, como é o caso da Graciosa e de Santa Maria, ou o caso do Faial, que em agosto tinha estagnado no número de dormidas ou o caso do Corvo que este ano viu diminuir o número de turistas.

“O que fez o Governo regional para promover o encaminhamento gratuito de forma a que todas as ilhas tenham uma maior equidade na distribuição dos turistas que chegam à Região”, questionou, lembrando que um estudo recente do Observatório do Turismo indica que 85% dos turistas que nos visitam desconhecem os encaminhamentos gratuitos.

O deputado do PSD/Açores apontou ainda as contradições entre o líder da bancada parlamentar do PS e as opções do Governo dos Açores, uma vez que André Bradford afirmou recentemente que “a captação de turistas deixou de ser uma preocupação”, num momento em que se sabe que o executivo açoriano, no Plano da Região para 2018, continua a prever investir 90% das verbas disponíveis para o Turismo na promoção e apenas 10% na qualificação.

“A captação de turistas também deixou de ser uma preocupação para a senhora secretária regional do Turismo? Regiões turísticas como a Madeira e as Canárias estão em constante captação de mercado. Há que filtrar e consolidar. Nos Açores absorve-se tudo desde que as estatísticas aumentem. Mesmo correndo o risco de trocar o incerto pelo certo”, afirmou o parlamentar social-democrata açoriano.

António Pedroso considera que não obstante os indicadores de retoma do setor, depois de uma década de decréscimo no número de turistas marcada pelo encerramento de hotéis, dificuldades dos empresários e despedimento de trabalhadores, as alterações de serviço público aprovadas pelo anterior Governo da República PSD-CDS e a consequente entrada de companhias low-cost e aumento da procura obrigam a um trabalho de consolidação da oferta turística.

A este propósito, o deputado sublinhou a importância da aposta na formação, seja de novos profissionais, seja na requalificação de ativos, e na melhoria das condições salariais desses trabalhadores, nomeadamente por via da revisão do Acordo Coletivo de Trabalho que não é revisto há mais de uma década.

“Para captarmos mais e melhores profissionais para o turismo há que tornar o setor atrativo e compensador a nível salarial”, frisou.

O deputado do PSD/Açores eleito por São Jorge enumerou ainda os problemas já identificados em várias ilhas, como a sinalização turística ou a proteção ambiental, e, no caso de São Jorge, desafiou o Governo a clarificar “como e quando pretende ajustar o número de lugares nos voos para a ilha”, frisando que “o último verão foi caótico no que respeita as ligações aéreas já que a oferta estava desadequada à procura”.

“O que pretende o Governo fazer com o posto de turismo de São Jorge, localizado nas Velas, cujas condições não abonam a favor da boa imagem da ilha e da Região?”, questionou o deputado António Pedroso.

GI PSD Açores/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top