Home / Cultura / Queijo de São Jorge continua a ser motor de desenvolvimento da economia da ilha, considera Confraria (c/áudio)
Queijo de São Jorge continua a ser motor de desenvolvimento da economia da ilha, considera Confraria (c/áudio)

Queijo de São Jorge continua a ser motor de desenvolvimento da economia da ilha, considera Confraria (c/áudio)

Como já é habitual, as Festas de São Jorge arrancaram com a Entronização de novos Confrades na Confraria do Queijo de São Jorge. Após o Oficial de Ajusanças dar ordem de entrada na sala do Auditório Municipal, e perante os representantes de 15 Confrarias convidadas e restantes autoridades e convidados, o Cabeça da Confraria, Paulo Silveira, aproveitou a ocasião para enaltecer o papel desta Confraria na promoção e defesa do Queijo de São Jorge, salientando que este é o motor do desenvolvimento económico da ilha.

Paulo Silveira enalteceu ainda os prémios alcançados recentemente por este produto icónico.

Ora, este ano foram entronizados como Confreira Noviça Lígia Fagundes e como Confrade Noviço o Chef José Maria Moreira. A Confrades Efetivos passaram António Aguiar, Lena Amaral e Maria Gabriela Santos. Já como Confrades Honorários foram entronizados Aida Ávila, Maria Manuela Sousa Mesquita, Alexandrino Costa e a Escola Profissional da Ilha de São Jorge.

Presente nesta cerimónia esteve o Representante da Federação Portuguesa das Confrarias, que parabenizou os novos Confrades.

Após a cerimónia de Entronização realizou-se a missa e procissão em honra do Padroeiro do Concelho, São Jorge, com destaque para a participação das filarmónicas e instituições do concelho bem como vários fiéis que percorreram as artérias principais da Vila das Velas.

 

 

 

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top