Home / Saude / Rede Regional de Cuidados Continuados em Saúde Mental será implementada em 2016, afirma Luís Cabral 
Rede Regional de Cuidados Continuados em Saúde Mental será implementada em 2016, afirma Luís Cabral 

Rede Regional de Cuidados Continuados em Saúde Mental será implementada em 2016, afirma Luís Cabral 

 

O Secretário Regional da Saúde anunciou hoje, na Horta, que a Rede Regional de Cuidados Continuados em Saúde Mental, “uma estrutura organizada de unidades e equipas multidisciplinares, será implementada em 2016”.

“Esta é uma reforma já há muito necessária nesta área e que irá permitir trazer o tratamento desta patologia para a sociedade, criando condições para diminuir o internamento e aumentar a resposta em ambulatório”, afirmou Luís Cabral, numa intervenção na Assembleia Legislativa durante o debate das propostas de Plano e Orçamento da Região para 2016.

A Rede Regional de Cuidados Continuados Integrados em Saúde Mental pretende promover a integração dos cuidados de saúde mental no sistema regional de saúde, quer a nível dos cuidados primários, quer dos hospitais e dos cuidados continuados, de modo a diminuir a institucionalização dos doentes.

Em 2016, será apresentada uma proposta de Decreto Legislativo Regional que formalize a criação da rede nos Açores, pretendendo-se ainda implementar as Equipas Móveis de Apoio Domiciliário Integrado em Saúde Mental, através de um projeto piloto que decorrerá em janeiro, na ilha de São Miguel.

Na sua intervenção, o Secretário Regional da Saúde referiu vários investimentos, nomeadamente relacionados com o apetrechamento das Unidades de Saúde, com os apoios e acordos daquela área específica e com o desenvolvimento das ações previstas no Plano Regional de Saúde.

Na área da Proteção Civil, segundo Luís Cabral, o maior apoio destina-se à dotação de equipamentos e comunicações, “num esforço financeiro de mais de um milhão de euros”.

Na ocasião, o Secretário Regional apresentou dados estatísticos que revelam as condições criadas ao longo desta legislatura para a sustentabilidade do Serviço Regional de Saúde.

“Em 2012 eram realizadas 329.253 consultas médicas nos nossos centros de saúde. Até outubro deste ano foram realizadas 336.147 consultas. Com cerca de 30 mil consultas por mês, conseguimos um crescimento de 20% ao longo da legislatura”, frisou.

Luís Cabral acrescentou ainda que em 2012 havia 151 médicos de família e hoje existem 165 especialistas dessa área na Região, “o que significa que mais 26.500 açorianos tiveram acesso a médico de família”.

“Em 2012 eram realizadas 253.529 consultas nos hospitais. No primeiro semestre de 2015, foram realizadas 154.551, ou seja, um crescimento de 22% em relação a 2012, garantindo assim, uma redução significativa das listas de espera”, acrescentou.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top