Home / Açores / Representantes da produção e da indústria confiam na qualidade do leite e no SERCLA
Representantes da produção e da indústria confiam na qualidade do leite e no SERCLA

Representantes da produção e da indústria confiam na qualidade do leite e no SERCLA

O Secretário Regional da Agricultura e Ambiente registou esta segunda-feira positivamente, em Ponta Delgada, a manifestação de plena confiança expressa, numa reunião de trabalho alargada, pelos representantes de toda a fileira do leite de São Miguel quer na qualidade no leite produzido, quer na fiabilidade dos procedimentos do SERCLA – Serviço de Classificação de Leite.

“Os representantes da produção e da indústria manifestaram a sua plena confiança nos resultados emitidos pelo SERCLA, suportados pela comparação de amostras entre laboratórios, não se verificando disparidades” num sistema que funciona de acordo com as normas internacionais de Federação Internacional de Laticínios (IDF/FIL), salientou Luís Neto Viveiros.

A qualidade, segurança, equidade e controlo dos procedimentos laboratoriais são uma preocupação permanente da Secretaria Regional da Agricultura e Ambiente que, através do SERCLA/IAMA, realiza análises a cerca de cinco mil amostras de leite por mês, só em São Miguel, para efeitos de classificação e definição do preço de pagamento por litro de leite ao produtor.

Mensalmente são efetuados estudos de precisão entre vários laboratórios de lacticínios da Região através de amostras de leite preparadas, rotativamente, por cada indústria que depois são enviadas para os restantes laboratórios públicos e privados intervenientes, sendo ainda sujeitos os resultados comparativos a tratamento estatístico, com base nas Normas IDF.

Os equipamentos são também sujeitos a controlo de acordo com as regras dos fabricantes e as normas referidas.

Este procedimento de controlo dos resultados analíticos foi decidido em sede da Comissão Consultiva para a Classificação do Leite, onde têm assento o IAMA, representantes dos produtores e das indústrias de laticínios que estiveram hoje presentes na reunião com o Secretário Regional da tutela.

Luís Neto Viveiros referiu ainda que a produção e a indústria lamentaram, por outro lado, as declarações públicas de um partido político com assento na Assembleia Regional revelando desconhecimento e colocando infundadamente em causa a credibilidade do leite e dos produtos agroindustriais dos Açores, sujeitos a apertados e diversos controlos de qualidade e segurança alimentar.

A Associação Agrícola de São Miguel, Associação de Jovens Agricultores Micaelenses, Unileite, Prolacto, Insulac e Bell participaram nesta reunião alargada em que também estiveram presentes o Diretor Regional da Agricultura, IAMA e SERCLA.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top