Home / Açores / Rui Luís reafirma que fundamentos para a nomeação do Conselho de Administração da USI do Pico foram legais
Rui Luís reafirma que fundamentos para a nomeação do Conselho de Administração da USI do Pico foram legais

Rui Luís reafirma que fundamentos para a nomeação do Conselho de Administração da USI do Pico foram legais

O Secretário Regional da Saúde afastou esta segunda-feira qualquer ingerência na nomeação da atual Presidente do Conselho de Administração da Unidade de Saúde de Ilha (USI) do Pico e referiu que nunca esteve em causa a competência clínica do ex-vogal médico, Luís Nunes.

“O que esteve em causa foi a oportunidade da nova Presidente do Conselho de Administração nomear novos elementos, da sua confiança, para trabalhar na sua equipa” frisou Rui Luís.

O titular da pasta da Saúde, ouvido na Comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa sobre a exoneração do ex-vogal médico da USI Pico, reafirmou que a decisão de não reconduzir no cargo a anterior presidente se prendeu com vencimentos e retroativos que terão sido auferidos indevidamente.

“Foi uma decisão tomada com fundamentos legais, além de que estavam em causa questões éticas e morais”, salientou, reafirmando que, quando os recursos são escassos, é necessário maximiza-los em benefício daqueles que mais precisam.

Rui Luís esclareceu que, “a partir do momento em que não eram médicos que assumiam o cargo de presidentes havia que corrigir essa situação”.

“Aplicamos uma regra clara para equiparar todos os presidentes de conselhos de administração em termos de vencimentos”, acrescentou.

O Secretário Regional da Saúde referiu ainda que, “se não tivesse tomado esta decisão, estaria a contribuir para delapidar recursos públicos”.

O Conselho de Administração da USI do Pico foi nomeado a 26 de abril, tendo como presidente Cláudia Viegas Cabrita.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top