Home / Açores / Rumo dos últimos anos produziu resultados para os Açorianos e anima Governo para 2016, afirma Vasco Cordeiro 
Rumo dos últimos anos produziu resultados para os Açorianos e anima Governo para 2016, afirma Vasco Cordeiro 

Rumo dos últimos anos produziu resultados para os Açorianos e anima Governo para 2016, afirma Vasco Cordeiro 

O Presidente do Governo afirmou esta sexta-feira, em Ponta Delgada, que o rumo e a estratégia desenvolvida nos últimos três anos produziram resultados em benefício das famílias e das empresas dos Açores, os quais animam o Executivo Regional para enfrentar os desafios que se colocam neste último ano da atual legislatura.

“As famílias e as empresas açorianas sabem que estes foram anos muito exigentes e de muitos desafios, mas o facto é que os Açores que temos hoje são diferentes do que eram quando este Governo tomou posse”, salientou Vasco Cordeiro, no final de uma ronda de audiências com parceiros sociais e partidos políticos no âmbito da elaboração das propostas de Plano e de Orçamento para 2016.

Ao longo do dia, Vasco Cordeiro, acompanhado do Vice-Presidente, Sérgio Ávila, recebeu, no Palácio de Santana, a CGTP/Açores, a UGT/Açores, a Federação das Pescas dos Açores, a Federação Agrícola dos Açores e a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores, assim como os representantes do PCP, BE, CDS/PP, PSD e PS.

“Nós, hoje, temos mais Açorianos a trabalhar do que tínhamos quando este Governo tomou posse. Nós, hoje, temos mais turistas nas nossas ilhas do que quando este Governo tomou posse. As empresas têm um sistema de incentivos melhor do que quando este Governo tomou posse”, destacou o Presidente do Governo, em declarações aos jornalistas.

Vasco Cordeiro considerou, ainda, que mencionou estes aspetos “não para dizer que tudo está feito e tudo está bem”, mas para realçar que a estratégia e o rumo que foram seguidos nestes três anos “produziu, está a produzir e continuará a produzir resultados em benefício das famílias e das empresas e dos Açores”.

Nesse sentido, o Presidente do Governo recordou que a taxa de desemprego na Região começou a cair desde o segundo trimestre de 2014 e mais Açorianos começaram a ter trabalho, e que, desde de novembro de 2014, mais turistas começaram a visitar aos Açores.

Para o próximo ano, Vasco Cordeiro comprometeu-se a continuar “esta luta para que, cada vez mais, Açorianos tenham trabalho”, mobilizando, também, toda a sociedade, quer através da requalificação de recursos humanos, quer através de medidas de incentivo ao investimento privado e de apoio às empresas.

“Temos um desafio que tem a ver com a consolidação ao nível turístico, no sentido de aproveitar os efeitos e o resultado de uma estratégia que este Governo concretizou de alteração do modelo de acessibilidades aéreas à Região”, disse Vasco Cordeiro, ao defender que o Governo quer que este novo modelo “produza melhores resultados e que os mesmos se estendam, de forma mais efetiva e significativa, a todas e a cada uma das ilhas da Região”.

Após esta ronda de encontros, o Presidente do Governo afirmou que existem “áreas que inspiram particular cuidado”, apontando o exemplo da situação que se vive no setor leiteiro, na sequência da extinção do regime de quotas leiteiras.

“O Governo dos Açores tem tornado claro qual o seu entendimento sobre qual deve ser a forma como, desde logo a nível europeu e nacional, devem ser mobilizados os instrumentos para apoiar os nossos lavradores nesta fase”, disse Vasco Cordeiro, ao recordar que o Governo dos Açores criou, recentemente, uma linha de crédito de cerca de 30 milhões de euros e tem feito um investimento muito significativo nas áreas que reforçam a competitividade das explorações agrícolas.

“Se é certo que isso foi feito, nós não podemos ignorar a dimensão do desafio que temos à nossa frente”, reconheceu o Presidente do Governo, ao considerar que outra das áreas que exige cuidado diz respeito ao rendimento dos pescadores da Região.

GaCS/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top