Home / Destaque / Santa Catarina atinge equilíbrio operacional e aumenta vendas em 15,5% em 2013
Santa Catarina atinge equilíbrio operacional e aumenta vendas em 15,5% em 2013

Santa Catarina atinge equilíbrio operacional e aumenta vendas em 15,5% em 2013

A qualidade e prestígio crescentes dos produtos da Indústria Conserveira de Santa Catarina fizeram-se refletir nas vendas que, no ano 2013, registaram um aumento de 15,5%. Mas o reconhecimento da qualidade dos produtos da Santa Catarina não se limitou apenas ao mercado nacional, as exportações aumentaram de 42% em 2012, para 47% em 2013 do valor global de vendas, e o reconhecimento da marca no mercado gourmet propiciou um aumento de vendas de 45% dos produtos desta gama.

De salientar que a estratégia de empresa tem também incidido na minimização dos custos através de uma maior e melhor rentabilização dos recursos. Deste modo, em 2013, o aumento do custo da matéria-prima foi inferior em 2,7% às vendas, o que reflete um melhor aproveitamento, que passou de 31,6%, em 2012, para 35,5%, em 2013.

Por outro lado, o preço do Bonito importado praticado no primeiro semestre de 2013 (preço que aumentou 60% em 2012), o facto de corresponder a aproximadamente 50% dos custos da conserva e a dificuldade em fazer repercutir os aumentos de custos ao consumidor final, não permitiram um maior ganho efetivo em 2013.

No geral, em 2013, a Santa Catarina alcançou melhorias muito significativas em termos de Resultados. O Resultado Líquido da empresa aumentou 60,4% em 2013, apesar de negativo em cerca de 1 milhão de euros, e o Resultado Operacional praticamente atingiu o equilíbrio, com uma melhoria de 88% em relação ao ano anterior.

As contas da empresa referentes ao ano 2013 manifestam a orientação clara e consistente de viabilização da empresa, revelando não só dinamismo como também visão estratégica de negócio, pilares essenciais para o sucesso, congregados com produtos de qualidade e com a marca Açores.

A Santa Catarina – Indústria Conserveira S.A., é uma empresa que se dedica exclusivamente ao fabrico de conservas de atum, que prima pela qualidade, aliando a tecnologia aos ancestrais métodos artesanais, sendo a fábrica, atualmente, a principal empregadora privada da ilha de São Jorge, com 139 elementos, sendo 19 masculinos e 120 femininos.

A Conserveira Santa Catarina foi galardoada com duas medalhas em 2012 e quatro medalhas em 2013, nos Concursos Nacionais de Conservas de Pescado, organizados pelo CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas. Prémios recebidos na Feira Nacional da Agricultura, em Santarém. Conquistou o prémio “Melhor dos Melhores” na categoria de Conservas de Atum, com o produto Filete de Atum com Tomilho, e conquistou as medalhas de ouro e prata, na categoria Pastas de Peixe, respetivamente, pelo Paté de Atum com Orégãos e pelo Paté de Atum, bem como uma medalha de prata na categoria Conservas de Atum, pelo Filete de Atum com Molho Cru. Dentro de fronteiras, também no concurso nacional de conservas de pescado, realizado em 2012, as conservas Santa Catarina conquistaram dois prémios: medalha de ouro para o filete de atum em azeite e molho cru e medalha de prata para o atum em azeite e piripiri.

A Santa Catarina continua, assim, ativamente à procura de novos mercados para as suas conservas, nomeadamente no Brasil, Moçambique, Angola e Norte da Europa, mantendo sempre a necessidade de se adquirir o máximo de atum possível da região. Para 2014, verificando-se uma safra similar a 2013, a empresa prevê uma melhoria significativa dos seus resultados.

GI Santa catarina/RL Açores

 

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top