Home / Destaque / São Jorge precisa de mais jovens para a ilha e para a política, afirma António Pedroso – Universidade de Verão do PSD e JSD Açores arrancou esta quinta-feira (c/áudio)
São Jorge precisa de mais jovens para a ilha e para a política, afirma António Pedroso – Universidade de Verão do PSD e JSD Açores arrancou esta quinta-feira (c/áudio)

São Jorge precisa de mais jovens para a ilha e para a política, afirma António Pedroso – Universidade de Verão do PSD e JSD Açores arrancou esta quinta-feira (c/áudio)

A Universidade de Verão do PSD e JSD Açores arrancou esta quinta-feira em São Jorge. Uma sessão de abertura que contou com a presença de Maria Luís Albuquerque, Ministra das Finanças, Duarte Freitas, presidente do PSD Açores e Daniel Pavão, presidente da JSD Açores.

Mas coube a um jorgense abrir a II Universidade de Verão dos social-democratas açorianos.

António Pedroso, deputado na Assembleia Legislativa Regional, e também presidente da Comissão Política da Ilha de São Jorge, falou sobre o estado da ilha tecendo criticas à governação socialista.
De acordo com o social-democrata, S.Jorge precisa de mais jovens na política e na ilha, elogiando, assim, iniciativas deste género.

“Precisamos de mais jovens na política e de mais jovens em São Jorge. Longe vai o tempo em que esta ilha tinha 22 mil habitantes e as escolas primárias proliferavam em todas as freguesias, algumas até com três edifícios por freguesia”, recordou o social-democrata. “Agora temos uma população envelhecida que ronda os 9 mil, escolas primárias fechadas na sua maioria por falta de crianças e muitos são os jovens que partem para outras paragens”.

Para António Pedroso, “numa ilha de pequena dimensão como São Jorge, é de extrema importância a realização de eventos desta natureza, enquanto por um lado dinamizam a economia local, por outro lado promovem a ilha e permitem aos participantes um real conhecimento da palavra insularidade”.

António Pedroso salientou que S.Jorge que em tempos foi de uma ponta à outra completamente social-democrata “acabou por sucumbir”, mas “não se rendeu” ao socialismo, como afirmou o presidente da Comissão Política da Ilha.

“Depois das grandes ilhas terem sucumbido ao socialismo, é evidente que São Jorge também acabou por ceder. No entanto, no poder local deixou de ser a ilha laranja, mas também não é rosa. Os jorgenses resistentes e persistentes quando foi para decidir entre o céu e o inferno, optaram pelo limbo”, ironizou o social-democrata natura de S.Jorge. Atualmente um concelho é CDS e outro Independente.

O social-democrata jorgense enalteceu ainda as mais-valias da ilha, evidenciando os produtos típicos que podem muito bem ser geradores de emprego e riqueza, como adiantou.

“À sombra de um dragoeiro, a comer umas amêijoas e a olhar para o Pico, sentindo o aroma de um café da fajã dos Vimes torrado na hora. Degustar umas espécies, um queijo de sete meses e uma angelica da fajã. Estes são os mais emblemáticos produtos da nossa terra, os quais têm todas as possibilidades de gerar emprego e de fazer a economia crescer de forma sustentável”, apontou.

António Pedroso terminou a sua intervenção na abertura desta Universidade de Verão criticando a operação da SATA que este ano, segundo afirmou, acabou por prejudicar São Jorg, cuja época de verão “podia ter sido bem melhor”.

Ministra das Finanças critica modelo de emprego proposto pelo PS e destaca importância dos Açores

Maria Luís Albuquerque, a ministra das Finanças, frisou esta quinta-feira em São Jorgq que Portugal está agora a assistir a uma mudança de ciclo, afirmando que é preciso olhar para o futuro mas sem esquecer o passado.

Para a ministra, que afirmou que “a missão do Governo está cumprida mas não concluída”, o mais importante nesta fase é mesmo a criação de “emprego sustentável e sustentada”.

Maria Luís Albuquerque criticou mesmo o modelo de emprego proposto pela oposição.

A ministra das Finanças destacou ainda a importância dos Açores, enaltecendo também a posição geoestratégica do país no que respeita à competitividade económica.

“Tornar Portugal mais competitivo numa economia global” é um dos grandes objetivos, como voltou a afirmar Maria Luís Albuquerque.

Por seu turno, Duarte Freitas, frisou que é altura de mudar o ciclo de governação na região e fez saber porque é que quer ganhar as eleições em 2016.

A Universidade de Verão do PSD e JSD Açores está de correr nos próximos dias na ilha de São Jorge conta com 30 alunos que irão assistir a diversos painéis com diferentes temáticas.

LA/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top