Home / Destaque / São Jorge recebe segundo Encontro Internacional de Canyoning em Setembro (c/áudio)
São Jorge recebe segundo Encontro Internacional de Canyoning em Setembro (c/áudio)

São Jorge recebe segundo Encontro Internacional de Canyoning em Setembro (c/áudio)

São Jorge vai receber este ano, entre 19 e 26 de Setembro, o II Encontro Internacional de Canyoning. O evento tal como na primeira edição, que aconteceu nas Flores, é organizado pela Associação de Desportos de Aventura – Desnível e foi apresentado esta sexta-feira na BTL.

Francisco Silva, da Associação Desnível, afirmou que para a prática desta atividade “Flores e São Jorge são as ilhas que mais se destacam”.

“Estas são duas ilhas que mesmo a nível internacional têm um potencial muito elevado”, referiu, mencionando também as ilhas de São Miguel, Faial, Santa Maria e a Terceira que, de acordo com Francisco Silva, “também têm algum potencial”.

De 19 a 26 de setembro, São Jorge vai acolher cerca de 140 pessoas ligadas ao evento, evento este que pretende “garantir uma grande qualidade a quem nos visita”, como afirmou o representante da Desnível, explicando o porquê da restrição de participantes.

Francisco Silva, que falou sempre a título comparativo com o I Encontro de Canyoning nas Flores, frisou que “estas duas ilhas (Flores e S.Jorge) são ilhas que têm uma oferta muito limitada de hotelaria, de transportes locais, estando por isso a falar de cerca de 120, 140 pessoas, mas durante uma semana”.

Os participantes são “maioritariamente estrangeiros”, havendo “um peso importante também de portugueses”, afirmou Francisco Silva.

Várias empresas jorgense vão associar-se a este evento, nomeadamente “as empresas que vendem canyoning em São Jorge, mas também algumas rent-a-car e alguma hotelaria e restauração”.

Este encontro “vai ter como base principal a Calheta”, de forma também a “distribuir a própria procura turística, uma vez que as Velas têm logo per si muitos mais turistas a chegarem”, explicou o responsável.

Também a orografia da ilha levou a esta decisão, uma vez que os participantes vão fazer canyoning durante todo o dia e desta forma não precisam de estar a deslocar-se de tanto.

Também José Toste, da Associação de Turismo dos Açores (ATA), destacou a importância deste e de outros eventos que se vão realizar na região ao longo deste ano e que muitos tiveram a sua apresentação na BTL 2015.

José Toste apontou o caso das Flores, que na sua opinião “será idêntico a São Jorge”, afirmando que “nas Flores ao longo de uma semana conseguimos encher os hotéis, conseguimos pôr cerca de 120 pessoas a circular na restauração, a alugar carros e a recorrer a serviços locais e isso trouxe uma grande dinâmica para a ilha durante aquele período”.

Em São Jorge é esperado o mesmo, já havendo pessoas a pedir informação sobre o evento e sobre as inscrições no mesmo.

José Toste destacou ainda o facto de este II Encontro Internacional de Canyoning se focar essencialmente no concelho da Calheta.

Este e outros eventos que se vão realizar na região, muitos deles ligados à natureza e aos desportos de aventura, são eventos que contam “com o total apoio e colaboração do Turismo dos Açores”, mencionou José Toste da ATA.

Liliana Andrade/RL Açores

About admin

Leave a Reply

Scroll To Top