“São Jorge tem superado os desafios e está a passar para novos níveis de desenvolvimento”, realçou André Rodrigues (c/áudio)

O Grupo Parlamentar do PS destacou, esta quarta-feira, que a ilha de São Jorge está a conseguir superar os desafios com que estava confrontada e que agora está a evoluir para novos níveis de desenvolvimento.

A posição foi expressa por André Rodrigues, que falava no encerramento das Jornadas Parlamentares do PS, que decorreram esta semana, na ilha de São Jorge.

André Rodrigues fez um balanço “extremamente positivo” destas jornadas parlamentares do PS e realçou o ciclo de investimento que está a ser feito na ilha de São Jorge, “aproveitando este novo quadro comunitário que agora entrou em vigor” e destacando que “aquilo que está a ser feito em São Jorge é fruto de muito trabalho realizado, tanto pelos deputados como pelo Governo dos Açores, permitindo que São Jorge receba investimentos que vão ser estruturantes para o seu futuro”.

O socialista lembrou que trabalho realizado ao longo desta legislatura foi “muito difícil”, devido à “crise económica e financeira proveniente da Europa e ampliada pelo anterior Governo da República”.

O deputado socialista considerou que o investimento na nova escola da Calheta é “estruturante”, uma vez que “não existe futuro nos Açores, sem existir educação”.

“A educação será sempre uma área prioritária, que marca bem a diferença entre ter um Governo do PS ou de outra cor política; o PS/Açores vai continuar a apostar no Estado Social, na educação, na saúde e também em todas as respostas sociais criadas ao longo destes últimos anos”, assumiu.

Para o parlamentar socialista, “o Governo dos Açores, as instituições Jorgenses, as empresas e os cidadãos saberão dar “respostas positivas”, como já aconteceu “no nosso setor cooperativo e na fábrica de Santa Catarina, que atravessaram tempos difíceis”.

 “Ainda assim, nos Açores, o Governo manteve e reforçou os apoios sociais, fechando um quadro comunitário que estava em conclusão. Em São Jorge estão a ser investidos cerca de 60 milhões de euros que permitirão, numa nova fase de desenvolvimento da ilha, que os empresários, as famílias e as instituições Jorgenses possam tirar proveito de novas infraestruturas, catapultando São Jorge para novos níveis de desenvolvimento. Isso é fundamental para que os jovens se possam fixar também aqui, em São Jorge”, finalizou o deputado do PS, André Rodrigues.

GI PS Açores/LA/RL Açores

Deixe uma resposta